NÃO HÁ CÁ DESCONTOS: VARANDAS TOMA POSIÇÃO COM TUBARÕES QUE QUEREM PESCAR PEÇA BASILAR DO SPORTING
Presidente do Clube de Alvalade faz questão que os emblemas a causarem assédio saibam as suas condições para negociar
Redação Leonino
Texto
22 de Maio 2024, 07:19
Frederico Varandas, Sporting, Champions, Liverpool

O Sporting meteu um ‘travão’, em forma de aviso, aos restantes clubes da Europa: Viktor Gyokeres não irá sair de Alvalade por menos de 100 milhões de euros. Apesar de o emblemas interessados no avançado estarem a tentar pedir um ‘desconto’, a Direção de Frederico Varandas não admite que tal aconteça e apenas aponta para o valor da cláusula de rescisão.

De acordo com o jornal A Bola, a única alternativa encontrada pelos verdes e brancos de forma a ‘facilitar’ uma possível transferência, é o faseamento do pagamento com a introdução de objetivos, que sejam fáceis de concretizar, mas que prolonguem o tempo de pagamento. Um dos exemplos é o seguinte: pagar no imediato 85 milhões de euros e, os restantes 15, mais tarde, assim que forem alcançadas as metas definidas no contrato.

Com o objetivo de manter o internacional sueco no Sporting, os leões já se encontram a preparar uma proposta de renovação, informa a mesma fonte. No caso, este novo contrato prevê uma revisão salarial, sendo que o aumento da duração do mesmo poderá não estar descartado – para já, Gyokeres está ligado aos leões até junho de 2028.

Esta temporada, ao serviço do Sporting, Viktor Gyokeres –avaliado em 55 milhões de euros – leva, na soma de todas as provas, 49 encontros realizados (4.047minutos), 43 golos e 14 assistências, sendo uma das grandes figuras da turma de Rúben Amorim e tendo tido grande influência na conquista do título.

Viktor Gyokeres chegou ao Sporting no início da temporada como a mais cara contratação de sempre do Clube de Alvalade. Inicialmente, Varandas pagou pelo goleador 20 milhões de euros, mais 4 por objetivos e custos de intermediação. O ‘camisola 9’ tem contrato com os leões até junho de 2028 e uma cláusula de rescisão de 100 milhões de euros.

  Comentários