summary_large_image
3 + 3 x 3: A CONTA QUE O FUTEBOL FEZ
Miguel Albuquerque sabe que o seu desempenho como Diretor é avaliado por resultados e títulos, sinalizando, assim, que não está com contemplações para quem não os obtém.
Imagem de destaque24 Fev 2020, 08:00

Esta semana foi uma boa semana no que diz respeito ao Futebol. Este Domingo, uma vitória tranquila, por vezes sonolentamente tranquila, sobre o Boavista, somando assim 3 pontos, com golos de Sporar e Plata. Plata, como acelerador de jogo, com inflexões da direita para o centro, para poder usar o seu pé esquerdo e Vietto, como cérebro da construção de jogo, são as notas de destaque nesta fase de ascensão do futebol do Sporting.

Essa mesma ascensão começou, de forma inesperada, após a paupérrima exibição em Vila do Conde, na quinta-feira passada, contra o Basaksehir, em Alvalade. Vitória por 3-1, com golos de Coates, Sporar e Vietto, tendo sido este último a liderar a equipa para uma das melhores exibições da época, num resultado que pecou por escasso e, infelizmente, a eliminatória ficou em aberto, com um golo dos turcos. Sendo o Sporting, neste momento, a equipa n.º 30 do ranking da UEFA (1), é muito importante que na próxima quinta-feira, dia 27, pelas 17h55, garanta o apuramento, em solo turco, para os oitavos de final da Liga Europa. O prestígio e alma Sportinguista precisam deste apuramento e, quiçá, defrontar um grande do Futebol Europeu, na próxima ronda, de forma a minorar os efeitos anímicos e económicos de uma época falhada a quase todos os níveis.

Ontem também uma vitória muito saborosa no futebol feminino, sobre o eterno rival, por 3-2, demonstrando que, os orçamentos são importantes, mas que, quando uma equipa quer, consegue vencer obstáculos “endinheirados”. Já no Sábado, para a Liga Revelação, o Sporting conseguiu, também contra o Benfica, uma vitória por 3-2, após uma reviravolta espetacular, com um bis de Nuno Moreira e estocada final de Tomás Silva. Em suma, 3 pontos na Liga NOS com 3 saborosas vitórias por 3 golos, esta semana.

Já no que respeita a modalidades, destaque menos positivo para a derrota caseira com o Dínamo Bucareste, por 25-26, na 1.ª mão do play-off da EHF Champions League, dificultando assim a tarefa para dia 1 de Março, pelas 15h.

Já a meio da semana, um resultado desastroso para o atual Campeão Europeu de Hóquei em Patins (o Sporting!), ao ser derrotado pelo FC Porto, por 6-0. Esta derrota, na sequência da eliminação na fase de grupos da Liga Europeia, perante o Lodi, motivou uma reação enérgica do Diretor de Modalidades Miguel Albuquerque. Através dum duro comunicado (entretanto retirado) do site do Sporting (2), fez um “aviso à navegação” pois de facto “Uma equipa com esta qualidade individual e com o investimento que esta modalidade tem, não pode, em menos de uma semana, ser eliminado da Liga Europeia e perder um jogo importante, como o de hoje, nas contas do título com resultados humilhantes” (3). Miguel Albuquerque sabe que o seu desempenho como Diretor é avaliado por resultados e títulos, sinalizando, assim, que não está com contemplações para quem não os obtém.

Dos fracos não reza a história, pelo que o Sporting, como Clube histórico e fundamental de Portugal, só tem um objetivo nas competições onde entra: Ganhar, ganhar e ganhar!

 

(1) https://pt.uefa.com/memberassociations/uefarankings/club/#/yr/2020
(2) https://www.sporting.pt/pt/noticias/modalidades/hoquei-em-patins/2020-02-19/nao-honraram-os-nossos-valores-
nem-a-nossa-historia
(3) https://www.record.pt/modalidades/hoquei-em-patins/detalhe/diretor-das-modalidades-arrasa-equipa-de-hoquei-
isto-e-o-sporting-quem-nao-entender-isto-nao-pode-estar-aqui

Diretor do Leonino

  Comentários