summary_large_image
A GLÓRIA ESTÁ AO VIRAR DA ESQUINA
Independentemente do presidente, do treinador ou dos jogadores, a lição desta época é muito clara: Unidos somos mais fortes.
09 Mai 2021, 14:23

O tema desta semana é inevitavelmente, o título de campeão nacional que o Sporting CP está tão perto de alcançar. Todas as atenções estão viradas para o nosso clube e para o fenomenal percurso que esta jovem equipa fez, comandada por Rúben Amorim. O nosso treinador afirmou, no final da partida com o Rio Ave, que a sua contratação já foi “rentável” para o clube. E tem toda a razão. Mas, mais do que numa perspetiva meramente financeira, Rúben Amorim é um investimento com retorno na medida em que nos devolveu aquilo de que mais necessitávamos: esperança e união. Construir por cima de vitórias é incomparavelmente mais fácil, mas Rúben Amorim conseguiu, com muito esforço e uma equipa carregada de alma, devolver a paz de que o reino do leão tanto precisava.

Independentemente do presidente, do treinador ou dos jogadores, a lição desta época é muito clara: Unidos somos mais fortes. Iremos sempre mais longe e seremos sempre o Sporting CP, com uma capacidade de mobilização que nenhum clube em Portugal tem. Agora, que falta tão pouco, penso que o treinador já pode assumir que somos candidatos ao título. Falta muito, mas mesmo muito pouco para chegarmos àquilo com que todos sonhamos há tantos e tantos anos. Em cenário de vitória do FC Porto amanhã, é essencial não perder o foco, nem entrar em deslumbramentos. Faltam dois pontos e não podemos deixá-los fugir.

A partida diante do Rio Ave, como tive oportunidade de comentar no final, pode ser muito importante para os índices motivacionais da nossa equipa, depois de um mês de Abril muito difícil e escorregadio. Em Vila do Conde fomos evidentemente superiores. Não abanámos, dominámos o jogo e colocámos em campo todo o futebol que sabemos que esta equipa tem. Falando, aliás na qualidade do futebol apresentado pela nossa equipa este ano, penso ser importante tecer algumas considerações quanto às palavras de Rui Santos há uns dias atrás. O comentador da SIC Notícias afirmou que o Sporting CP não é o exemplo de uma equipa extremamente sólida, fruto de uma pandemia que condicionou todas as equipas este ano. Os números desta equipa, imbatível desde o começo do campeonato, falam por si. O Sporting tem todo o mérito e a pandemia não pode ser um fator que retire mérito à equipa leonina. Assumir que as condições são “anormais” e que isso ajuda o Sporting a ganhar o título é, na minha opinião, uma total falta de respeito para com o clube, os seus adeptos e todo o trabalho que tem sido desenvolvido ao longo desta época.

Politiquices e questões de má índole à parte, rapazes de verde e branco, cumpram com a vossa parte e vamos ser felizes na próxima semana!

Viva o Sporting Clube de Portugal!

  Comentários
Mais Opinião