summary_large_image
A PARTIR DE AGORA É A SÉRIO!
Para que o Sporting Clube de Portugal seja o máximo competitivo possível nesta época, esperemos naturalmente que não seja transferido mais nenhum jogador até 31 de Agosto
03 Ago 2022, 11:01

Findou a pré-temporada futebolística e inicia-se no próximo fim de semana mais uma edição da Primeira Liga. No próximo domingo às 18 horas, em Braga, o Sporting Clube de Portugal dará o pontapé de saída para a sua participação na Primeira Liga 2022/2023, depois de uma pré-temporada exigente frente a alguns adversários credenciados, que normalmente servem para os treinadores fazerem testes e avaliar o plantel disponível.

Para reforçar a equipa, foram contratados até agora cinco jogadores: Morita (Ex-Santa Clara), Rochinha (Ex-V.Guimarães), Trincão (Ex-F.C.Barcelona), St.Juste (Ex-Mainz) e Franco Israel (Ex-Juventus). Relativamente à temporada anterior, registam-se até agora duas baixas importantes: João Palhinha (transferido para o Fulham) e Pablo Sarabia (finalizou o empréstimo), pois todas as outras saídas (excepto João Virgínia que também acabava o período de empréstimo) foram por opções técnico-táticas da estrutura que gere o futebol. A somar a estas baixas, ocorreram duas lesões (Adán e Daniel Bragança) na pré-época que vão obrigar a paragens mais ou menos prolongadas dos respectivos jogadores, que se esperam naturalmente que sejam o menos prolongadas possíveis, e que isso signifique o regresso rápido de ambos os jogadores à competição.

O que esperar da temporada 2022/2023? Em primeira análise, espera-se que o Sporting Clube de Portugal lute por todas as competições em que está envolvido e que isso signifique a conquista de todas as competições nacionais (Campeonato, Taça de Portugal e Taça da Liga) em que irá participar, e que na Champions League consiga fazer uma melhor prestação do que na época 2021/2022, em que fomos eliminados nos oitavos-de-final.

Bem sabemos que a temporada 2022/2023 será particularmente exigente por via da realização do Mundial 2022 no Qatar em Novembro/Dezembro deste ano, o que obrigará que a realização dos jogos das diversas competições fiquem compactadas em menor espaço de tempo. No entanto, essa exigência também afetará de igual forma as outras equipas, especialmente aquelas que participarão simultaneamente nas competições nacionais e europeias, nomeadamente os habituais três candidatos ao título de campeão nacional e pelo menos também o próprio Sporting Clube de Braga, na medida em que tem desde já presença assegurada na fase de grupos da Liga Europa desta época. Por outro lado, bem sabemos que o mercado de transferências de jogadores continuará aberto até ao último dia de Agosto, pelo que muita coisa ainda pode acontecer até lá no que concerne a entradas e/ou saídas de jogadores e por consequência à composição final dos plantéis que irão enfrentar a primeira parte da temporada 2022/2023. Para que o Sporting Clube de Portugal seja o máximo competitivo possível nesta época, esperemos naturalmente que não seja transferido mais nenhum jogador até 31 de Agosto, sendo que se sair alguém do plantel, que seja transferido com a antecedência necessária para que essa vaga possa ser colmatada e preenchida em tempo útil, ou seja, até ao fecho do mercado de transferências.

Duas notas finais: uma para o Atletismo e outra para o Futebol de Praia. Relativamente ao Atletismo, realce para a brilhante prestação das equipas do Sporting Clube de Portugal nos Campeonatos Nacionais de Atletismo, onde a equipa feminina se sagrou mais uma vez campeã nacional, pela décima segunda vez consecutiva, e onde a equipa masculina terminou a prova empatada com a equipa vencedora (a atribuição do título de campeão foi feita pelo maior número de vitórias nas provas realizadas), com a polémica prova dos 800 metros à mistura repleta de peripécias. A outra nota é para a equipa de Futebol de Praia masculina que no próximo fim de semana irá disputar a Final Four do Campeonato de Elite. A vitória na última jornada da fase regular, no passado fim de semana, precisamente frente ao mesmo antagonista que irá defrontar o Sporting Clube de Portugal nas meias-finais da Final Four, abre boas perspectivas para a presença na final da competição. Oxalá que na tarde do próximo domingo possamos celebrar mais um título de campeão nacional, quando ainda está por disputar a Taça de Portugal de Futebol de Praia, onde a equipa do Sporting Clube de Portugal está qualificada para os oitavos-de-final.

  Comentários
Mais Opinião