summary_large_image
ALTURA DE SERMOS DIFERENTES
As decisões estão aí porta. Se parte da responsabilidade está nas mãos das equipas leoninas, o que está nas nossas? Cabe-nos marcar presença massiva no talismã das modalidades verdes e brancas
29 Mar 2022, 12:03

Podia dizer que está a chegar, mas a verdade é que já entrámos – em algumas modalidades – na altura de todas as decisões. O voleibol está a jogar os play-off’s, o andebol tem um jogo de extrema importância a nível europeu, o basquetebol entrou na segunda fase da Liga Betclic, o hóquei em patins e o futsal estão na reta da meta da fase regular. Temos para todos os gostos, o que falta? Presença em peso no Pavilhão João Rocha.

A verdade é que, sobretudo após o ‘desconfinar’, o talismã das modalidades leoninas não voltou a ter as casas-cheias a que nos tínhamos habituado antes disso. Nota-se um claro afastamento dos Sportinguistas às suas equipas. Se os adeptos já ganharam jogos com o apoio demonstrado no Pavilhão, imagine-se a mossa que a sua falta poderá fazer nos momentos decisivos.

Somos campeões nacionais e europeus em duas modalidades e estamos a lutar por títulos em todas elas. Não merecem estes atletas sentir o apoio dos adeptos a quem já deram tamanhas alegrias? Trata-se de reciprocidade. E, se me cabe a mim dizer, não há sentimento de comunhão entre Sportinguistas e jogadores como aquele que já se pôde experienciar nos mais variados jogos destas modalidades. Se queremos viver os momentos de ‘festa’, temos de ajudar a percorrer esse mesmo caminho.

Nem com convites ou passatempos notamos maior adesão por parte dos Sportinguistas a estas modalidades. Os preços das Gameboxes também dificultaram uma maior adesão por parte daqueles que lá marcam presença desde o início, os jogos em casa jogados ‘fora’ também afastaram, entre outros fatores, mas está na altura de mostrarmos o porquê de sermos diferentes.

Diferentes em quê, neste caso? O ecletismo do Clube de Alvalade não pode ser utilizado como arma nos momentos em que o futebol está menos bem, mas sim como motivo de orgulho e apoio das equipas do Sporting em todas as frentes.

Aproveito, por isso, o texto desta terça-feira para apelar à presença em massa dos Sportinguistas na primeira mão dos oitavos-de-final da EHF European League, com os alemães do Magdeburg, no Pavilhão João Rocha. Se à partida o andebol verde e branco não é favorito, pode lutar de igual para igual com o apoio vindo das bancadas.

Foram tantos os anos que estas equipas não tiveram uma ‘casa’, vamos fazê-las sentir o que é o verdadeiro ecletismo do Clube e voltar a demonstrar – porque tudo isto já existiu – algo que defendemos com regularidade, a velha máxima de que o Sporting não é só futebol. Chegou a hora de apoiar. Por aqui, no Leonino, continuaremos a dar o nosso contributo com a partilha das nossas modalidades ao minuto e a atualidade das mesmas.

  Comentários
Mais Opinião