summary_large_image
CADA UM PARA O SEU LADO
Com um Sporting forte, certamente, muitas mais cimeiras e reuniões SOS terão lugar. Cabe ao Presidente Varandas estar atento e assegurar que não nos arredam de títulos por mais 19 anos.
Imagem de destaque28 Jun 2021, 16:08

Dizem as notícias que, no Sábado, os presidentes de Benfica e Porto encontraram-se, na Mealhada, para um almoço no qual se discutiu o futebol do nosso país. Dois presidentes que andaram, durante anos e anos em constante troca de acusações e que, acima de tudo, contribuíram para o apodrecimento do desporto rei no nosso país. Agora, mais do que nunca, precisam de estar juntos.

O bolo, como já disse várias vezes, é muito pequeno para ser dividido por três, e os dirigentes dos nossos rivais sabem-no. A verdade é que o Sporting campeão nacional de Futebol – e que, esta temporada, ganhou quase tudo o que havia para ganhar em modalidades -, causa alguns problemas:

  • Projeto Luís Filipe Vieira: O presidente do Benfica apostou tudo este ano, com o regresso de Jorge Jesus à luz. Esta decisão, na minha opinião, contribuiu ativamente para que, nas eleições, Noronha Lopes fosse derrotado. No entanto, com o final desta época, o presidente do nosso rival que já estava numa posição fragilizada, encontra-se numa posição interna complicada perante os seus associados. Claro que, com este cenário, é urgente tomar medidas;
  • FC Porto em declínio: O FC Porto perdeu, há alguns anos, a total hegemonia do Futebol Português. Este período coincidiu com o revelar de um descalabro financeiro que acontecia para os lados dos dragões. Perdida a identidade Porto, foi necessário ir buscar Sérgio Conceição, um treinador guerreiro, que passa uma mensagem forte no balneário. As vitórias dos últimos anos serviram para camuflar um pouco algumas das debilidades estruturais evidentes. Uma vez mais, urge tomar medidas perante um Sporting campeão.

Frederico Varandas, e bem, ficou à margem deste encontro. Os atores que dele fizeram parte certamente que não estarão interessados em ter o Presidente do Sporting sentado à mesa para almoçar e acredito, igualmente, que o desinteresse seja mútuo.

Fica, no entanto, um alerta: temos que estar, uma vez mais, muito atentos às movimentações de bastidores que possam acontecer. Com um Sporting forte, certamente, muitas mais cimeiras e reuniões SOS terão lugar. Cabe ao Presidente Varandas estar atento e assegurar que não nos arrendam de títulos por mais 19 anos.

  Comentários
Mais Opinião