summary_large_image
E AGORA, SPORTING?
Chega ao fim o capítulo Amorim, com a certeza de que ele nunca mudará a sua forma de ser ou estar. A teimosia não leva lado nenhum, muito menos no Sporting.
Imagem de destaque21 Abr 2023, 13:27

Após a eliminação da liga Europa, com estádio cheio, mas sem o ambiente de outros tempos, a lutar pelo quarto lugar na liga portuguesa, sabendo a realidade do Clube e dos adeptos (apesar do estranho adormecimento), só temos eleições em 2026, sendo Amorim a cara de todo o projeto, para o bem e para o mal!

Neste momento, temos de discutir se os Sócios e a Direção darão mais uma oportunidade a Rúben Amorim após uma época desastrosa!

Amorim, teimoso, contou com o maior investimento da história em reforços, sendo um dos treinadores mais bem pagos de sempre! Há uma completa ausência de aposta continua em jovens, recusa no investimento num ponta de lança, sobrecarregando Paulinho até estar lesionado em momentos chave, reforços inflacionados e de qualidade duvidosa, péssimo planeamento, teimosia, discurso desencadeado e contraditório desde a saída de Matheus Nunes, muitas vezes fora do âmbito das suas competências; episódio Fatawu e Essugo, ausência de alternativa tática, derrotas com Arouca, Chaves, Marítimo, empates com Gil Vicente, entre outros.

Na minha opinião, e por muito que me custe, visto que Rúben Amorim com outro tipo de liderança, estratégia e menos autonomia, teria todas as condições para ser treinador do Clube durante alguns anos, com o final da época chega também ao fim o capítulo Amorim, com a certeza de que ele nunca mudará a sua forma de ser ou estar. A teimosia não leva lado nenhum, muito menos num clube como o Sporting Clube de Portugal!

Quando acabaremos com este mau hábito de endeusar treinadores e dar-lhes autonomia total quase acima do Clube, Sócios e Presidente? Sporting acima de todos!

Agora resta-nos apoiar o verdadeiro Sporting Clube Portugal, o das modalidades!

Saudações leoninas,

Bruno Sorreluz

  Comentários
Mais Opinião