summary_large_image
FALTA UM MÊS
A única coisa que Varandas e Viana fizeram foi contratar o homem que neste momento acaba por ter um projeto coeso, bem montado, bem definido e bem trabalhado para a equipa de futebol do Sporting.
Imagem de destaque18 Abr 2021, 09:00

Estamos a pouco mais de um mês de terminar o Campeonato Nacional de Futebol, faltam sete jornadas, 21 pontos para serem atribuídos e um sonho que está cada vez mais perto de acontecer.

Voltando atrás no tempo, estamos a falar de uma equipa que, no início desta temporada, tinha como objetivo principal garantir uma presença na Liga dos Campeões. Essa mesma equipa surpreendeu tudo e todos, conquistou tudo e todos e tem, no momento em que escrevo, nove pontos de avanço sobre o segundo classificado.

Parece mentira, mas a verdade é que teve de vir um ex-jogador e adepto confesso do Benfica para mudar o nosso futebol. Torná-lo num futebol a sério, num futebol capaz e num futebol competitivo e querem saber a melhor? Com os miúdos da formação como há anos andávamos a pedir.

Amorim chegou e eu na altura torci o nariz. Disse, aqui no Leonino, que ele tinha muito para provar e a verdade é que aconteça o que acontecer, a mim já me convenceu. Falta o título apenas. Digo apenas e parece que estou a dizer algo de banal, não é? Mas estamos a falar do Sporting, nada neste clube é fácil, nada neste clube é banal, muito menos o título que andamos a querer há tanto tempo, que precisamos há tantos anos.

Se esta temporada está a correr como está a correr, o mérito é do esforço dos jogadores e da equipa técnica. De mais ninguém. A única coisa que Frederico Varandas e Hugo Viana fizeram foi contratar o homem que neste momento acaba por ter um projeto coeso, bem montado, bem definido e bem trabalhado para a equipa de futebol do Sporting CP. Amorim voltou a colocar a nossa moral lá no alto, já nos irritou a todos, já nos fez sentir que ele quer tanto isto como cada um de nós e também já nos fez manter os pés na terra. Em boa verdade, ele pede-nos para os mantermos desde que lhe perguntaram pela primeira vez se realmente era candidato ao título.

Amorim puxou dos galardões de comunicador nato e respondeu “o Sporting é candidato… a ganhar o próximo jogo. Esta equipa pensa jogo a jogo”. E esta mentalidade do jogo a jogo nunca fez tanto sentido como faz agora que as contas estão prestes a fechar. Faltam sete jogos e se este Rúben nos fez acreditar até há três jornadas atrás que tudo era possível, não podemos deitar tudo a perder agora quando, para além de não termos perdido o primeiro lugar, continuamos com pontos de vantagem sobre o segundo classificado quando ainda temos um duelo entre os nossos dois principais rivais antes de o Campeonato terminar. É também certo que ainda temos um derby, mas é precisamente nesse derby, se não antes, que vamos poder festejar. Basta, para já, ir sonhando, ir garantindo que o Esforço, a Dedicação e a Devoção continuam a fazer parte do dia-a-dia da equipa de modo a que no fim, a Glória aconteça, porque está mais do que provado de que a merecemos.

  Comentários
Mais Opinião
Mariana Cordeiro Ferreira
Imagem de destaque
CASA ONDE NÃO HÁ PÃO…
E os Sportinguistas já não têm essa paciência, os Sportinguistas estão cansados de esperar, de pensar que "para o ano é que é".
Mariana Cordeiro Ferreira
Imagem de destaque
SER OU PARECER
Neste momento e em termos Europeus, o Sporting é Grande sim, em Hóquei e em Futsal por exemplo, mas no que diz respeito ao futebol, a conversa volta novamente a ser outra.
Mariana Cordeiro Ferreira
Imagem de destaque
PARA TI, BRUNO!
Leva contigo o Esforço, a Dedicação a Devoção e a Glória que por cá aprendeste, porque aí, a história de quem vai vestido de verde e branco, é feita de títulos e tu mereces ganhá-los.
Mariana Cordeiro Ferreira
Imagem de destaque
#DIADESPORTING
É altura de colocar o cachecol, vestir a camisola e preparar a voz... porque o amor chama e a este nunca viraremos as costas.
Mariana Cordeiro Ferreira
Imagem de destaque
ESTE AMOR QUE NOS CONSOME
É o amor que me faz ter um 1906 tatuado, é o amor que me deixa com a lágrima no olho cada vez que vejo uma criança com o símbolo do leão rampante ao peito.
Mariana Cordeiro Ferreira
Imagem de destaque
OBRIGADA MÃE POR ME TERES FEITO DO SPORTING
Hoje, vou levá-la à bola outra vez e já vou conseguir vê-la a cantar O Mundo Sabe Que com o cachecol ao alto e é aí que a emoção vai falar mais alto outra vez, porque se é amor, a ela o devo.
Mariana Cordeiro Ferreira
Imagem de destaque
EXISTEM DIAS
Seria tão fácil dizer que para mim já chega, que estou cansada, que vou deixar de pagar quotas, mas a palavra fácil nunca esteve presente no nosso dicionário.