summary_large_image
LAY-OFF
Quero acreditar que Varandas, apesar de não estar ou não ser atualmente presidente do Sporting (falarei disso noutra altura), estará com toda a certeza atento a esta situação.
Imagem de destaque28 Mar 2020, 13:00

A atual pandemia do coronavírus veio alterar o mundo como nós o conhecemos, um terço da população mundial está recolhidas nas suas casas com as suas famílias, sem poder ter um dia a dia com a normalidade que todos sempre tivemos ao longo da nossa vida.

Como já sabemos, em quase todos os países, as diversas competições desportivas pararam a sua atividade, e agora todos os clubes começam a olhar para os prejuízos que essas paragens lhe vão causar.

Quero acreditar que Varandas, apesar de não estar ou não ser atualmente presidente do Sporting (falarei disso noutra altura), e mesmo com tiques de novo rico como se viu na contração do nosso treinador, estará com toda a certeza atento a esta situação.

Hoje já foi noticiado inclusive que os clubes estão à espera de que as diversas federações se articulam, e que os três grandes firmaram um “pacto de não agressão”, para que não existam troca de jogadores ou treinadores.

São notícias que leio com agrado, pois é importante que se antecipem problemas, e se não existirem agora medidas concretas, pode ser muito complicado para a saúde financeira do Sporting.

É algo que nestes dias de incerteza, terá que ser encarado com normalidade, porque por exemplo, esta semana todos lemos que o todo poderoso Barcelona vai avançar com Lay-Off, o que vai originar uma redução bombástica nos salários dos seus atletas de todas as modalidades, enquanto durar o estado de emergência em Espanha.

Dizem as notícias que a redução salarial que o Barcelona quer impor será de cerca de 70% dos salários. Situações drásticas requerem medidas drásticas.

Defendo que o Sporting, a bem de um vigor que todos os sportinguistas desejam para o seu futuro próximo, deve também avançar para Lay-Off.

Espero que o caminho seja este, mas acima de tudo, deseja que seja um caminho curto, e que no final desta pandemia todos nos encontremos bem e de boa saúde e a gritar novamente para todo o mundo ouvir… O Sporting é o nosso grande Amor.

  Comentários