summary_large_image
MERCADO
O resultado desta época é, apenas e só, inabilidade do Presidente e da respetiva direção, em liderarem um clube como o Sporting.
12 Ago 2020, 14:00

Numa primeira nota é interessante perceber, que numa imagem global desta indústria, não se tenham ainda percebido sinais, que exista deflação em relação a valores de contratações, continuando assim um mundo singular e sem comparação.

Num momento de grave crise financeira a nível mundial, e consequentemente estendendo-se a esta indústria, visto que grande parte das receitas dos clubes advêm de patrocínios, venda de bilhetes e afins.

Temos visto, nesta primeira fase do mercado, vários jogadores apontados a todas as equipas, começando a esquizofrenia dos programas diários.

Em relação ao nosso Sporting, quando se fala, e muito, sobre a pouca capacidade financeira existente, e que serve e servirá sempre para escamotear a incompetência gritante que é espelhada em quase todas as decisões que esta direção tem preconizado, que deram o resultado terrível que é exposto na classificação deste ano, bem como nas outras competições que estávamos envolvidos.

O resultado desta época nada teve a ver com a incapacidade financeira que o Sporting tem, mas sim pela escolha de jogadores em que se gastaram valores avultados, que não trouxeram retorno desportivo.

O resultado desta época nada teve a ver com a incapacidade financeira que o Sporting tem, mas sim pela má planificação da época tendo um plantel desequilibrado e sem qualidade.

O resultado desta época é, apenas e só, inabilidade do Presidente e da respetiva direção, em liderarem um clube como o Sporting.

Posto isto, e para não sermos comidos na ladainha do costume, na qual a comunicação de facto o Sporting se tem reforçado bem, passando narrativas para parvos, precisamos que esta época seja preparada com critério.

Tenho o desejo de ver um Sporting reforçado e que isso se traduza em qualidade e num plantel equilibrado para entrarmos em todos os jogos, olhos nos olhos, com a pretensão de vencer.  É isso que se exige a um clube como o Sporting.

É inaceitável vermos um Braga, com um orçamento de metade do valor, à nossa frente do campeonato; esse infelizmente é o espelho da incompetência vivenciada.

Que se tenha a humildade de aprender com os erros e que nesta época tenhamos um Sporting à Sporting.

Acredito? Quero acreditar!

Um último desejo, que será difícil de concretizar: que não sejamos penalizados neste mercado pelas falta de credibilidade que neste momento sofremos, visto que esta direção não tem sabido cumprir com o que se propõe.

No mundo dos negócios o que mais importa é a credibilidade das instituições, muito especialmente de quem as representa e infelizmente esta direção não tem mantido o nome do Sporting como se exige… INTATO E CREDÍVEL!

  Comentários
Mais Opinião
Gonçalo Fernandes
O NOSSO SPORTING!
O Sporting CP só se poderá levantar, no curto prazo, se o atual Presidente tomar a única decisão possível e aceitável, e que é demitir-se!
Gonçalo Fernandes
O SPORTING DO BEM!
Porque já percebemos que o Presidente Varandas nada percebe de futebol, tem uma equipa diretiva que nada percebe de futebol.
Gonçalo Fernandes
CHEGA… DA DIRECÇÃO DOS RECORDES!
Esta direção é incapaz e é incompetente. Se não têm vergonha e, por isso, não se demitem, o Dr. Rogério Alves tem de devolver a palavra aos Sócios.
Gonçalo Fernandes
VIVA O DR. VARANDAS!
Queixamo-nos de quê? Não fomos nós, ou pelo menos 71% de nós, que contribuímos para que o dr. Varandas fosse eleito Presidente do Sporting CP?
Gonçalo Fernandes
DDT DECIDIU! NÃO TEREMOS AG!
Quanto à entrevista do Presidente: um discurso miserabilista, sem carisma, com total alheamento da realidade, acreditando e tentando fazer passar a mensagem de que estamos no caminho certo.
Gonçalo Fernandes
DEFINITIVAMENTE, ISTO NÃO É O SPORTING!
Peço que me desculpem, mas ninguém me convence de que o que estamos a assistir hoje não é uma obscenidade e, cada vez mais, uma verdadeira tragédia.
Gonçalo Fernandes
QUAL É O SPORTING QUE QUEREMOS?
Ir a Alvalade deixou de ser uma festa, para se tornar num pesadelo. Ver o que vi fez-me lembrar documentários de grandes ditadores e fascistas.
Gonçalo Fernandes
SILAS É UM SENHOR E UM GRANDE SPORTINGUISTA
Ao contrário de Varandas que não passa de um lagarto