summary_large_image
NÃO DESISTIR DO SPORTING
Percebo o que o Treinador quis dizer, mas se há quem nunca tenha desistido do Sporting isso são os seus adeptos.
Imagem de destaque06 Out 2020, 10:00
O sportinguista não tem uma vida fácil. Tudo é intenso. Tudo é dramático. Tudo tem sempre uma história e um ruído. A semana que passou fomos humilhados na Liga Europa. Não tenho outra palavra.
Esta humilhação terá consequências. Não estar na Liga Europa é ter menos um palco. E menos um palco é menos projecção dos nossos jogadores. E isso tem impacto brutal na valorização dos activos. E que tanto precisamos de valorizar.
Posto isto, vencer o Portimonense deu um mero alento. Mas as palavras de Rúben Amorim, isso sim, foram certeiras. É hoje, sem sombra de dúvida, a figura do clube. A sua declaração pode ter o condão de dar um novo balão de esperança num plantel que precisa de ser protegido, mas também nos adeptos que precisam de acreditar (apesar de ser difícil).
Com entradas e saídas, que faz parte do futebol, o que precisamos é de ter uma equipa que não desiste do Sporting, situação que já assistimos em muitos anos. E essa falta de mentalidade foi o maior cancro dentro do Sporting. Não acreditar. Deixar andar. Não ter aquela fome de vencer. Percebo o que o Treinador quis dizer, mas se há quem nunca tenha desistido do Sporting isso são os seus adeptos. E que revelam uma enorme paciência. E cá continuaremos, podem passar jogadores, treinadores e presidentes. Nós ficamos. Nós não desistimos do Sporting.
  Comentários