summary_large_image
O ESCUDO DUM COLETIVO
Uma vitória deixa-nos às portas da Liga Europa e ainda com uma janela de oportunidade para a passagem aos oitavos da Champions.
Imagem de destaque01 Nov 2021, 10:04

Num fim de semana prolongado, já com travo de invernia, o Sporting logrou levar de vencida o Vitória de Guimarães, no passado sábado. Num jogo interessante por parte da equipa leonina, os suspeitos do costume trataram de resolver o jogo. Aos 27 minutos, já Pedro Gonçalves anunciava, com um golo que viria a ser anulado, o que aconteceria 4 minutos depois. Num lance quase a “papel químico” do da semana passada, frente ao Moreirense, canto na esquerda marcado por Sarabia, Paulinho a “pentear” ao primeiro poste e Coates de forma fulgurante a cabecear para o golo. Estava alcançada a vantagem, que podia ter sido ampliada para maior tranquilidade dos adeptos, mas a equipa do Sporting mostrou-se sempre serena e compacta, logrando terminar o desafio com a vitória por margem mínima, conquistando os três pontos. Assim, e como no Estoril-Benfica o jogo não durou até aos 98 minutos, tendo os encarnados perdido dois pontos, o Sporting ficou na liderança do campeonato, em conjunto com o Porto. As agulhas agora viram para o jogo da Champions, também em Alvalade, no próximo dia 3, quarta-feira, pelas 20h, frente ao Besiktas. Uma vitória deixa-nos às portas da Liga Europa e ainda com uma janela de oportunidade para a passagem aos oitavos da Champions.

Como vem sendo tristemente habitual, não obstante um outubro pleno de vitórias, continua a “perseguição” a Paulinho. Ora se há algo que sempre pugnei, opinião escrita e verbalizada, foi contra uma das coisas que mais detesto no futebol: o egoísmo dos jogadores que é profundamente contra a essência deste desporto que, por definição, é um desporto de equipa. Paulinho contribuiu decisivamente com assistências em jogos fundamentais, como o de Istambul e agora com o Guimarães. O coletivo e a equipa devem estar sempre em primeiro lugar, pelo que não me causa qualquer impressão que, em vários lances, procure um colega mais bem colocado, abdicando detentar ser o herói e trabalhando para um prestígio pessoal. Provavelmente, Rúben Amorim comunga desta opinião, mantendo-o como titular, imperturbável face aos lamentos de alguns…

Da semana passada, ficou ainda o surpreendente anúncio, via Henrique Monteiro, n’A Bola, que Rogério Alves não deverá integrar lista de Varandas como recandidato a Presidente da Mesa da Assembleia Geral (PMAG) (1). Para quem se interessa mais pela vida associativa do Sporting, é um dado importante, pois,goste-se ou não, Rogério Alves é uma personalidade relevante no meio leonino. Integrando vários grupos notáveis, Rogério Alves caucionou, em certa medida, Frederico Varandas para as eleições de 2018, servindo também, durante os primeiros anos atribulados desta Direção, como “escudo” da mesma, perante a Assembleia Geral. Varandas deve muito da sua “sobrevivência” a Rogério Alves pelo que será interessante de perceber se tratou duma separação a bem, ou não…

Diretor Leonino 

  Comentários
Mais Opinião
Pedro Geada
Imagem de destaque
ESTÁ DADO O ´PONTAPÉ DE SAÍDA´
Sendo um projeto de e para Sportinguistas, queremos que seja, e será certamente, um ‘rugido’ de referência que se ouvirá no Reino do Leão!
Pedro Geada
Imagem de destaque
DA “GUERRA DOS SEIS DIAS” AO VIETNAME”
Diz o povo que "mais vale um mau acordo que uma boa demanda"...será isso possível neste caso?
Pedro Geada
Imagem de destaque
A LIDERANÇA E O HORROR AO VAZIO
A falta de atitude, garra e vontade de vencer é das coisas que mais irrita os Sportinguistas, quase tanto como os próprios insucessos.
Pedro Geada
Imagem de destaque
ESTE SILÊNCIO NÃO É DE OURO… É DE LATA!
O Presidente do Sporting deve ser o primeiro guardião dessa ambição, dessa exigência e dessa intransigência, a favor da excelência na performance de equipas e atletas!
Pedro Geada
Imagem de destaque
NIXON NA JUGOSLÁVIA COM OS OUVIDOS EM PARIS
É preciso que o bom senso e o sentido de Clube voltem a imperar, colocando os superiores interesses do Sporting em primeiro lugar!
Pedro Geada
Imagem de destaque
UM SÁBADO DO INVERNO DO NOSSO DESCONTENTAMENTO
Presume-se assim que Salgado Zenha não seja fã de campismo... mas nem os rivais diminuem o Sporting com declarações destas.
Pedro Geada
Imagem de destaque
3 + 3 x 3: A CONTA QUE O FUTEBOL FEZ
Miguel Albuquerque sabe que o seu desempenho como Diretor é avaliado por resultados e títulos, sinalizando, assim, que não está com contemplações para quem não os obtém.
Pedro Geada
Imagem de destaque
ASSUMIR RESPONSABILIDADES E TOMAR DECISÕES
Os 11 anos de futebol, que Varandas tanto proclamou, agravam agora um atestado de inaptidão para deter o pelouro do Futebol na SAD.