summary_large_image
O PODER QUE HÁ EM JOGO
É, pois, tempo de arrepiar caminho, aceitando todos as decisões, tanto as judiciais como as associativas, olhando sim para o futuro que se pode construir.
01 Jun 2020, 09:00

Dia 4 de Junho, pelas 21:15, teremos finalmente o retorno da nossa equipa de futebol à competição, em Guimarães, contra o Vitória Sport Clube, com transmissão na Sport TV (1). Embora, pelo confinamento imposto pela COVID-19, pareça que se trata duma nova época, importa lembrar que nos encontramos a 10 jornadas do fim, na quarta posição, a uns inacreditáveis 18 pontos do líder, a uns inimagináveis 17 pontos da Champions League e a uns inconcebíveis 4 pontos do Braga, sendo que temos Rio Ave, Guimarães e Famalicão no nosso encalce. A equipa liderada por Rúben Amorim, tem pois de honrar os pergaminhos do Sporting mostrando qualidade que justifique o investimento em custos com pessoal a rondar os 70M€ (fora contratações) (2) assim como os mais de 10 milhões de euros investidos na equipa técnica, demonstrando assim que a sua contração ao Braga foi acertada. Da competência da equipa verde e branca em campo, muito dependerá a regeneração e força do Sporting, quer a nível associativo como até nas instituições, onde atualmente se disputa a liderança e influencia na Liga Portuguesa de Futebol Profissional. Some-se a isto as eleições na Federação Portuguesa de Futebol no próximo mês de Julho (3). Há, pois, muito em jogo, sobretudo de poder, nos próximos tempos.

Na semana passada, tivemos a leitura da sentença de Alcochete. Não se encontrando nenhum funcionário ou dirigente da SAD do Sporting no rol de condenados, o Sporting e os Sportinguistas puderam finalmente respirar fundo. O pedido de absolvição de 11 Março (4), por parte do Ministério Publico, indiciava o desfecho ocorrido na passada quinta-feira, reforçando a posição negocial do Sporting nos casos que ainda tem pendentes com Rafael Leão e Rúben Ribeiro. Assim, poderá ser posta a interrogação se, noutros casos de rescisões, estando hoje à frente da SAD alguém que viveu os acontecimentos, tendo em conta que o próprio Ministério Público não encontrou provas de envolvimento, se seria possível aguardar pela sentença, conseguindo assim melhores acordos para o Sporting. Mas o importante mesmo a reter é que se põe aqui uma pedra, no caso criminal, em cima do assunto. Tal como foi dada pelos Sócios a 6 de Julho de 2019 (5), confirmando as sanções propostas pelo Conselho Fiscal e Disciplinar. É, pois, tempo de arrepiar caminho, aceitando todos as decisões, tanto as judiciais como as associativas, olhando sim para o Futuro que se pode construir.

Como notas finais, queria, primeiro, enviar uma saudação especial ao Pedro Figueiredo, que este sábado publicou a sua última crónica no Leonino. A vida não para e, decerto, que o Pedro guarda recordações especiais por ter estado no grupo inicial de comentadores do Leonino, pelo que lhe desejo muitas felicidades nos seus novos projetos profissionais. Em segundo lugar, uma saudação ao Gonçalo Ilharco, pela agradável conversa que tivemos em live, na sua página de facebook, O Adepto Racional, na passada quinta-feira, onde abordámos os temas mais prementes da atualidade verde e branca. Fiel ao compromisso que salientei na semana passada, de demonstrar a pluralidade e riqueza do universo verde e branco, se já seguia a sua página, quero agora acreditar que, também, ganhámos, pelo menos, mais um leitor assíduo.

1 – https://www.ligaportugal.pt/pt/homepage/

2 – https://scpconteudos.pt/sites/default/files/relatorioecontassportingsaddez19vf.pdf

3 – https://www.noticiasaominuto.com/desporto/1498468/eleicoes-na-federacao-portuguesa-de-futebol-marcadas-para-11-de-julho

4 – https://www.ojogo.pt/futebol/1a-liga/sporting/noticias/autoria-moral-do-ataque-a-academia-mp-pede-absolvicoes-de-bruno-e-mustafa-11913303.html

5 – https://www.sporting.pt/pt/noticias/clube/noticias/2019-07-06/socios-rejeitaram-recursos

Diretor Leonino

  Comentários
Mais Opinião
Pedro Geada
ESTÁ DADO O ´PONTAPÉ DE SAÍDA´
Sendo um projeto de e para Sportinguistas, queremos que seja, e será certamente, um ‘rugido’ de referência que se ouvirá no Reino do Leão!
Pedro Geada
DA “GUERRA DOS SEIS DIAS” AO VIETNAME”
Diz o povo que "mais vale um mau acordo que uma boa demanda"...será isso possível neste caso?
Pedro Geada
A LIDERANÇA E O HORROR AO VAZIO
A falta de atitude, garra e vontade de vencer é das coisas que mais irrita os Sportinguistas, quase tanto como os próprios insucessos.
Pedro Geada
ESTE SILÊNCIO NÃO É DE OURO… É DE LATA!
O Presidente do Sporting deve ser o primeiro guardião dessa ambição, dessa exigência e dessa intransigência, a favor da excelência na performance de equipas e atletas!
Pedro Geada
NIXON NA JUGOSLÁVIA COM OS OUVIDOS EM PARIS
É preciso que o bom senso e o sentido de Clube voltem a imperar, colocando os superiores interesses do Sporting em primeiro lugar!
Pedro Geada
UM SÁBADO DO INVERNO DO NOSSO DESCONTENTAMENTO
Presume-se assim que Salgado Zenha não seja fã de campismo... mas nem os rivais diminuem o Sporting com declarações destas.
Pedro Geada
3 + 3 x 3: A CONTA QUE O FUTEBOL FEZ
Miguel Albuquerque sabe que o seu desempenho como Diretor é avaliado por resultados e títulos, sinalizando, assim, que não está com contemplações para quem não os obtém.
Pedro Geada
ASSUMIR RESPONSABILIDADES E TOMAR DECISÕES
Os 11 anos de futebol, que Varandas tanto proclamou, agravam agora um atestado de inaptidão para deter o pelouro do Futebol na SAD.