summary_large_image
PONTOS NOS IS…?!
Espero que com este artigo de hoje esclareça algumas das muitas questões que têm surgido, em comentários às minhas publicações.
Imagem de destaque30 Abr 2020, 16:00

Caras amigas e caros amigos sportinguistas,

Depois de quase uma vintena de artigos que tenho escrito e partilhado convosco nos últimos meses, acho que é chegada a altura de esclarecer alguns pontos que têm sido suscitados, em comentários, pelos que tão simpaticamente, ou não, me leem:

a) Não sou candidato a nada! Nem o poderia ser, pois não estamos em tempo de eleições! Somente exerço o meu direito de sócio e obrigação de adepto responsável, dando a minha opinião SEMPRE no sentido de contribuir, com a minha experiência de vida profissional, desportiva e associativa, para o melhor do nosso amado Sporting. Na minha opinião, é sempre tempo para se criticar de forma construtiva, revelando o nosso ponto de vista. E tal nunca poderá ser visto como sinal de uma candidatura! É somente o exercício responsável de quem se interessa pelo que ama! Balizar a faculdade de opinar está mesmo nos antípodas da democracia e do exercício do associativismo ativo e responsável. Uma eleição não é um voto em branco, mas sim o confiar um mandato, para a execução de um programa que foi sufragado. E, quando este não está a ser cumprido, temos o direito de exigir o seu cumprimento.

b) Não sou a favor da destituição dos que, democraticamente, possam ter sido eleitos, a não ser quando se verificam as situações previstas nos estatutos. Nem me compagino com a despropositada bipolarização que se tem verificado no universo Sporting! Quando criticamos a atual direção, o que temos todo o direito de fazer, quando o fazemos com ponderação, elevação e fundamento, logo nos julgam “Brunistas”. Quando, por alguma razão, criticamos alguma situação da penúltima direção, somos rotulados de “Varandistas”. Esta bipolarização é tão redutora do enorme e secular potencial do nosso Sporting! Como se a vida, de uma tão prestigiada e prestigiante instituição, dependesse de 2 ou 3 pessoas! Será que temos conferido lucidez a esta postura, que abunda pelas redes sociais, e que é o eco de tantos e tantos adeptos e sócios? Não quero crer que assim seja. Somente servem propósitos, que são instigados por agendas pessoais, e não rumos que colocam o Sporting no centro de tudo e de todos!

c) Já há muito que participo ativamente na vida do Sporting. E são muitos os que o podem confirmar! Pois, sempre reuni esforços e faço pontes para sermos cada vez mais coesos a lutar pelo bem comum do Sporting e dos sportinguistas! No início deste ano, decidi fazê-lo de forma pública, publicando no Leonino e também na minha página oficial do Facebook. Fi-lo, não só para partilhar convosco as minhas ideias, mas também para poder ser confrontado, por quem pense de forma diferente e possa contribuir para o melhoramento das mesmas. Sou uma pessoa de consensos, sempre que os mesmos sejam possíveis, sem prejuízo das causas a defender! Sempre encontrei o sucesso, quando ouvi os outros, que confrontaram as minhas ideias, contribuindo, com a sua opinião, de forma elevada e fundamentada!

d) Nunca luto pelo bem, do que quer que seja, contra ninguém! A vida ensinou-me que este tipo de postura só nos desfoca, do que é estruturante, e consome uma desmesurada energia, que deixa de estar disponível para o que realmente importa. Por isso, nenhuma das minhas críticas são contra pessoas, mas sim contra decisões tomadas, por estas, e que fogem, ao serviço do cargo que exercem.

e) Estarei sempre disponível para, no que estiver ao meu alcance, ajudar o nosso Sporting. De forma mais discreta ou pública, sempre o fiz e sempre o farei!

Espero que com este artigo de hoje, tenha esclarecido algumas das muitas questões que têm surgido, em comentários às minhas publicações.

Protejam-se e saudações leoninas.

  Comentários
Mais Opinião
Joaquim Coutinho Duarte
Imagem de destaque
SÓ COESOS E ORGANIZADOS VAMOS VENCER
Seremos capazes e temos liderança para o efeito? Fica a questão…
Joaquim Coutinho Duarte
Imagem de destaque
SILÊNCIO QUE BRANQUEIA
Senhor Presidente da Assembleia Geral, chegou a hora de demonstrar que honra o lugar que lhe foi confiado, e que é merecedor de tal prestígio!
Joaquim Coutinho Duarte
Imagem de destaque
SOMOS UM CLUBE ARRASADO PSICOLOGICAMENTE
Só nos resta suplicar: SALVEM-NOS! Que nós, por nós mesmos, estamos incapazes!
Joaquim Coutinho Duarte
Imagem de destaque
TRABALHO, ORGANIZAÇÃO (PLANO DE ACÇÃO) E DISCIPLINA
Todos devem dar o seu melhor para resolver esta divisão que existe. Não podemos continuar de costas voltadas, uns para os outros, fazendo “um favor” aos nossos adversários.
Joaquim Coutinho Duarte
Imagem de destaque
DESAFIO!
Lanço o desafio a todos os anteriores candidatos, e aos que se venham a apresentar numas próximas eleições, que nos sentemos à mesma mesa, para pensarmos o Sporting de hoje e de amanhã!
Joaquim Coutinho Duarte
Imagem de destaque
NÃO PODE VALER TUDO
Se já vendemos os melhores, quase todos, e não investimos em quem possa vir a substituí-los, como iremos sobreviver desportivamente e financeiramente?
Joaquim Coutinho Duarte
Imagem de destaque
CRIANDO PONTES
Em democracia governa-se ganhando eleições. E, democraticamente, critica-se quem “governa”, como forma de lembrar as promessas feitas eleitoralmente. Os mandatos são para se cumprir, mas, as promessas
Joaquim Coutinho Duarte
Imagem de destaque
“CRIAR PONTES”, JÁ EM ANDAMENTO
Os problemas são de uma evidência gritante, que nenhuma técnica de comunicação, por mais sofisticada que seja, consegue branquear!