APESAR DA CHORADEIRA DEPOIS DO SPORTING - BENFICA, NÚMEROS MOSTRAM QUE RÚBEN AMORIM DEIXOU ROGER SCHMIDT A UM 'CANTO'
Leões receberam e derrotaram por duas bolas a uma a turma encarnada com tentos de Pote e Viktor Gyokeres
Redação Leonino
Texto
1 de Março 2024, 12:30
Amorim, Schmidt Sporting, Benfica

Rúben Amorim finalmente venceu um frente a frente com Roger Schmidt e fez imperar a supremacia do Sporting na Taça de Portugal em duelos com o Benfica. Os leões receberam e derrotaram o Benfica por duas bolas a uma, com tentos de Pedro Gonçalves e Viktor Gyokeres.

Depois de dois empates, em 2022/23, e uma derrota já esta época no Estádio da Luz, em jogos referentes ao campeonato, a formação verde e branca conseguiu abater a águia em Alvalade e derrotar pela primeira vez os encarnados desde a era de Roger Schmidt no comando do Benfica.

Os verdes e brancos mantêm a supremacia em duelos para a Taça de Portugal frente ao eterno rival. De facto, se havia jogo em que o técnico dos leões tinha a história a seu favor era este. Em 38 dérbis na prova-rainha, o Sporting venceu 20, perdeu 16. Mas não só. A jogar em Alvalade, esta foi a oitava vitória consecutiva em jogos da Taça de Portugal.

Sobre a partida, relembre-se, os comandados de Rúben Amorim dominaram grande parte dos 90′ minutos e, prova disso, foi o golo precoce do camisola 8 do Sporting, Pedro Gonçalves, logo aos 9′ minutos. Já na segunda metade o sueco goleador aumentou a vantagem no confronto, que se manteve até ao final.

Com esta vitória em casa– a 29.ª em 38 jogos – os leões partem em vantagem para a segunda mão das meias-finais da prova rainha. Os verdes e brancos procuram erguer a prova rainha pela 18.ª vez- a última conquista aconteceu em 2018/19.

Com quatro títulos ao serviço do Sporting, Rúben Amorim, de 39 anos, tem contrato válido até junho de 2026. Chegou ao Clube de Alvalade em 2020 e está blindado por uma cláusula de rescisão de 20 milhões de euros para o estrangeiro.

Imagem de destaque
  Comentários