CRISTIANO RONALDO CONTINUA IMPARÁVEL; ASTRO FORMADO NO SPORTING ENCABEÇA MAIS UM RANKING
Craque que começou a carreira profissional no Clube de Alvalade é líder de lista que conta com outros portugueses
Redação Leonino
Texto
21 de Maio 2024, 16:49
Cristiano Ronaldo, Al Nassr, Ex Sporting

A ‘Four Four Two’, revista dedicada ao futebol, lançou a passada segunda-feira, 20 de maio, uma lista dos 100 melhores jogadores europeus de sempre. Cristiano Ronaldo, craque formado no Sporting, encabeça a lista na qual constam os nomes de vários outros atletas portugueses.

Johan Cruyff, jogador falecido, aparece no segundo posto do prestigiado elenco. O internacional neerlandês passou por clubes como Ajax, Barcelona e Milan. A completar o pódio da lista da Four Four Two, surge Franz Beckenbauer. O antigo defesa alemão jogou a maior parte da sua carreira profissional no Bayern Munique, de 1963 a 1976.

A lista dos 100 melhores futebolistas europeus de sempre divulgada pela revista desportiva conta ainda com mais dois atletas portugueses. Eusébio, avançado que alinhou pelo Benfica, está em 12.º lugar, e Luís Figo – médio de 51 anos formado no Sporting e que jogou de leão ao peito, pela equipa principal de Alvalade, de 1990 a 1995 – em 78º.

Aos 39 anos, o líder da lista internacional continua em grande plano a nível individual. Na presente temporada, Cristiano Ronaldo – avaliado em 15 milhões de euros – continua imparável e soma, até à data, 48 jogos ao serviço do Al Nassr. Ao longo dos 4.193 minutos que alinhou dentro de campo pelo emblema saudita, marcou 48 golos e assistiu por 13 diferentes ocasiões.

Com a Listada verde e branca, o internacional português fez 31 jogos na equipa principal, tendo apontado cinco golos e três assistências. No entanto, encheu as medidas de Sir Alex Ferguson, que o levou para Manchester, onde se tornou um dos jogadores mais irreverentes da história, com dribles desconcertantes e muito poder de explosão.

Do United, CR7 rumou ao Real Madrid, estabelecendo-se como uma máquina goleadora. Em 2018/19 trocou Espanha por Itália, tendo sido importante na Juventus. Antes de ingressar no Al Nassr teve uma passagem menos feliz por Old Trafford, saindo em desacatos com Erik ten Hag.

  Comentários