EFEITO DO MELHOR DO MUNDO! DEPOIS DE CRISTIANO RONALDO INGRESSAR NO AL NASSR, LIGA SAUDITA JÁ TEM UM NOVO PLANO
Astro português deixou a Europa e rumou à Arábia, numa transferência que revolucionou o universo do futebol
Redação Leonino
Texto
10 de Março 2024, 17:28
Cristiano Ronaldo, Al Nassr

Em janeiro de 2023, Cristiano Ronaldo foi o pioneiro a deixar a sua marca no futebol europeu, onde fez história, ao aventurar-se na Arábia Saudita. A mudança do talentoso português do Manchester United para o Al Nassr não foi apenas uma simples transferência, mas sim um marco de um novo mercado no futebol internacional. Desde então, vários jogadores de renome têm deixado as ligas de elite para se juntarem à Saudi Pro League.

A última janela de transferências de impacto ocorreu no início de 2023/24, com Benzema, Kanté, Neymar, Sadio Mané, Mahrez e tantos outros a desembarcarem na Liga Saudita. Já em janeiro, os investimentos dos clubes sauditas diminuíram, não porque o projeto está a perder força, mas sim como parte de um planeamento para regressar com vigor a meio deste ano. A Arábia Saudita tem agora um novo plano para atrair talento da Europa.

Segundo o jornal espanhol Marca, o Campeonato Saudita tem como objetivo contar com os 100 melhores jogadores do mundo nos próximos três anos, e a intenção é prosseguir com este objetivo na próxima reabertura da janela de transferências. A expectativa é que mais estrelas sejam contratadas para a temporada 2024/25, seguindo a mesma estratégia que tem sido bem-sucedida nos últimos meses: oferecer uma verdadeira fortuna aos jogadores.

Após a primeira vaga de craques terem-se adaptado à Arábia Saudita, a liga compreende que os atletas europeus podem ter uma visão mais favorável do país, o que facilitaria novas contratações. Em outras palavras, as estrelas da Saudi Pro League podem convencer outros astros a juntarem-se ao projeto com os seus relatos em primeira mão.

Recorde-se que, esta temporada, Cristiano Ronaldo – avaliado em 15 milhões de euros – continua a mostrar toda a sua qualidade. Nos 36 encontros que disputou ao serviço do Al-Nassr, o capitão da seleção nacional formado no Sporting contabilizou 3.209 minutos, apontando 34 golos e fazendo 11 assistências, sendo uma das grandes figuras do conjunto de Luís Castro, isto apesar dos 39 anos de idade. Adicionalmente, ao serviço da seleção nacional, o português conseguiu cinco finalizações certeiras em cinco encontros (402 minutos).

Imagem de destaque
  Comentários