EX PREPARADOR FÍSICO DO SPORTING DESTACA MENTALIDADE DE CRISTIANO RONALDO NO INÍCO DA CARREIRA: "NEM OLHAVA PARA OS JOGADORES FAMOSOS"
Técnico trabalhou com o craque do Al Nassr e recorda primeiros passos do Capitão da Seleção Nacional
Redação Leonino
Texto
20 de Fevereiro 2024, 14:42
Cristiano Ronaldo, Al Nassr

João Aroso, antigo preparador adjunto do Sporting, conviveu de perto com Cristiano Ronaldo na Seleção Nacional e tece rasgados elogios ao jogador do Al Nassr. Em entrevista ao Desporto ao Minuto, o técnico destaca a mentalidade do avançado que “nem olhava para o lado para ver os jogadores famosos”.

“Conheci o Cristiano Ronaldo ainda no Sporting, antes de ir para o Manchester United. Quando estávamos no túnel, antes do jogo entre os dois clubes [6 de agosto de 2003, na inauguração do Estádio José Alvalade], o normal em miúdos de 18 anos seria olhar para as caras dos grandes craques. Lembro-me de ver o Cristiano focadíssimo no jogo. Não olhava para o lado para ver os jogadores famosos. Isso mostra e mostrava já na altura aquilo que era a mentalidade do Cristiano Ronaldo“, começou por dizer.

“Em termos de forma de jogar, o Cristiano que conheci no Sporting era um extremo nato e um driblador, com uma ‘fantasia’ enorme. Fazia alguns golos, mas servia muito para desequilibrar do ponto de vista do drible. Na seleção, o Cristiano Ronaldo estava em transformação. Jogava ainda a extremo e partia de fora, mas aparecia muito mais na área para finalizar, em termos de posicionamento no jogo. Era um jogador que marcava muitos golos, ao contrário do trajeto no Sporting e no Manchester United, em que era mais um criador de situações de golo“, atirou.

Na sequência desse processo de transformação, o Cristiano agora é mais um finalizador nato. Já o era, talvez, desde a Juventus, bem como durante a segunda passagem pelo Manchester United. É essencialmente isso nos anos mais recentes. Com uma qualidade enorme, seja de pé esquerdo, de pé direito ou de cabeça, é muito esperto nas movimentações na área. Está longe daquele Cristiano que era um extremo desequilibrador“, vincou de seguida.

Nas últimas duas temporadas, João Aroso desempenhou funções na equipa do Vitória de Guimarães, onde foi adjunto do treinador Moreno Teixeira e chegou a assumir interinamente o cargo de técnico antes da chegada de Álvaro Pacheco, atual comandante dos nortenhos.

João Aroso passou pelo Clube de Alvalade nas épocas de 2003/2004 e 2004/2005, tendo posteriormente rumado ao AEK na Grécia. Regressou uma temporada depois e permaneceu até 2008/2009 sempre como preparador físico, antes de se juntar à seleção portuguesa.

Imagem de destaque
  Comentários