MARCO FERREIRA E JORGE FAUSTINO MANDAM 'BICADA' AO BENFICA E DEFENDEM SPORTING: "O GOLO FOI..."
Antigos árbitros analisaram o confronto da Taça de Portugal onde os leões saíram vitoriosos por 2-1
Redação Leonino
Texto
1 de Março 2024, 15:34
Marco Ferreira, Jorge Faustino, Sporting

O Sporting recebeu e venceu o eterno rival Benfica por 2-1, em jogo da primeira mão das meias-finais da Taça de Portugal, realizado em Alvalade. Os especialistas do jornal ‘Record’, Jorge Faustino e Marco Ferreira, analisaram o jogo e a atuação da equipa de arbitragem.

Sobre o lance do possível penalti sobre Pedro Gonçalves ao minuto 8′, Marco Ferreira, não tem dúvidas: “Lance na área do Benfica com Pote a cair após ser atingido por João Neves. O avançado antecipa-se ao adversário quando é atingido na sua perna direita. Penálti por assinalar sem a devida intervenção do VAR.”

Na queda de Tengstedt na área dos leões, Jorge Faustino, afirma: “Coates jogou apenas a bola roubando-a a Tengstedt. Queda do atacante foi consequência do desequilíbrio em resultado da perda de bola. Sem motivo para penálti. Boa decisão.” Marco Ferreira, por sua vez, diz: “Lance na área do Sporting com Coates a esticar a perna e a tirar a bola sem infração, queda do adversário foi normal atendendo à sua movimentação. Boa decisão.”

Já sobre o segundo golo anulado do Benfica, também os especialistas partilham da mesma opinião: ” Tengstedt estava em posição de fora de jogo (43cm). No percurso da bola do remate de Di María até à baliza, houve um momento em que Tengstedt estorvou a visibilidade de Israel. Bem o VAR. Bem anulado.”, disse Jorge Faustino.

“Di María aparece na área e faz golo num lance onde Tengstedt, em posição irregular, passa à frente do guarda-redes tendo impacto na sua visibilidade. Boa intervenção do VAR e golo bem anulado.”, atira Marco Ferreira sobre o mesmo lance.

Relembre-se que a partida em Alvalade terminou num resultado favorável ao Sporting, que venceu por duas bolas a uma. Pedro Gonçalves fez o primeiro tento do jogo aos 9′ e Viktor Gyokeres fez o segundo aos 54′ minutos.

  Comentários