MEMÓRIA LEONINA: DE ZUPO A CANELA PARA TERMINAR COM JEJUM DE 10 ANOS
No dia 31 de maio de 2017, a equipa de andebol do Sporting CP bateu o SL Benfica, por 25-23, conquistando o campeonato nacional pela 20.ª vez. Estava terminado um jejum com mais de dez anos
Redação Leonino
Texto
31 de Maio 2020, 11:41

Foi há precisamente três anos que a equipa de andebol do Sporting CP se sagrou campeã nacional, terminando, assim, com um jejum de mais de dez anos sem conquistar o título.

No dia 31 de maio de 2017, em jogo relativo à última jornada do campeonato andebol 1, os leões venceram, no Pavilhão Multiusos de Odivelas, o SL Benfica por 25-23. Num jogo em que os rapazes de verde e branco desde cedo alcançaram uma larga vantagem – chegou a ser de nove golos – o título parecia assegurado, mas, já perto do final, os encarnados reagiram e chegaram mesmo a estar a apenas um golo (23-22).

Todavia, quando faltavam pouco mais de dois minutos para o final do encontro, Carlos Ruesga apareceu na partida. Primeiro, do meio da rua, o espanhol tirou para Paulo Moreno do caminho e disparou um míssil para o fundo da baliza do eterno rival, fazendo o 24-22. No entanto, logo de seguida, Ruesga voltaria a fazer das suas. Já no último minuto, com o marcador em 24-23, o central leonino, em queda, voltou a marcar e selou o resultado final em 25-23.

Após dez anos sem conquistar o título, o Sporting CP sagrava-se, desta forma, campeão nacional de andebol pela 20.ª vez na sua história. Neste jogo, para lá de Ruesga e Pedro Portela, ambos com cinco golos, destaque para Janko Bozovic, com sete, e Igor Žabič, com quatro.

Numa temporada em que os leões começaram por ter Zupo Equisoain como treinador – o espanhol acabaria por ser despedido à 22.ª jornada após derrota caseira com o FC Porto –, Hugo Canela haveria de assumir o comando da equipa técnica e, para lá do título, conquistaria ainda a segunda Taça Challenge da história dos leões.

Fotografia de Wiki Sporting

  Comentários