MODALIDADES REGRESSAM SEM PÚBLICO A 22 DE AGOSTO
Competições seniores de futsal, basquetebol, voleibol, andebol e hóquei em patins já anunciaram com comunicado conjunto
Maria Pinto Jorge
Texto
11 de Julho 2020, 09:29
summary_large_image

As federações de andebol, basquetebol, hóquei em patins, futebol (futsal) e voleibol reuniram-se nesta sexta-feira, 10 de julho com a Direção-Geral da Saúde (DGS) e com a secretaria de Estado da Juventude e do Desporto, em que ficou decidido que as modalidades coletivas sénior podem voltar a treinar sem restrições a partir de dia 1 de agosto e que as competições terão início a dia 22 do mesmo mês, no entanto, esta mesma decisão, ainda carece de aprovação do Conselho de Ministros, até ao final de julho.

No que respeita à formação ficou deliberado que pode treinar desde o imediato, mas sem contacto entre atletas, no entanto a bola pode estar presente nos treinos. As restrições para os escalões de formação são levantadas a 1 de setembro.

As federações das modalidades referidas acima, redigiram, ainda, um comunicado em conjunto sobre o tema.

Pode ler aqui na íntegra:

“As competições de equipas seniores estão previstas ter início a partir de 22 agosto de 2020, sem público, o que, a verificar-se, implicará que o treino sem restrições para este escalão poderá ter início a partir de 1 de agosto 2020. As equipas de formação continuarão na atual fase de treino condicionado, aguardando pelo resultado da avaliação da retoma gradual dos escalões seniores”, pode ler-se na nota divulgada. “A possibilidade de retoma da competição sénior a partir de 22 de agosto tem primordial importância também para os compromissos internacionais das Selecções Nacionais, por forma a permitir a sua adequada preparação para a representação nacional. Foi finalizada a análise ao Protocolo Orientador de Regresso aos Treinos e Competições – covid-19 e concluiu-se que, durante a atual fase de treino condicionado, é permitida a partilha de bola nas modalidades coletivas de pavilhão desde que garantida a sua repetida limpeza e desinfeção, mantendo-se a regra do distanciamento de 3 metros entre praticantes”.

  Comentários