"TEVE OUTRAS PROPOSTAS, MAS QUIS FICAR CÁ": PAI DE JOGADOR DO SPORTING REVELA QUE ATLETA RECUSOU DEIXAR ALVALADE POR CULPA DE...
Futebolista era cobiçado por outros emblemas, mas decidiu ficar ao serviço dos verdes e brancos
Redação Leonino
Texto
12 de Fevereiro 2024, 17:18
Sporting, Braga, Gonçalo Inácio, Morten Hjulmand, Francisco Trincão, Eduardo Quaresma, Nuno Santos

Eduardo Quaresma estreou-se a marcar com a camisola do Sporting, na goleada diante do Braga (5-0). Com a ausência de Ousmane Diomande, o ‘camisola 72’ dos leões segurou um lugar no onze de Rúben Amorim e tem feito exibições de grande nível. Paulo Coimbra, pai do jogador, mostra-se muito feliz e revela que, apesar de ter alguns interessados, o central “quis ficar” em Alvalade.

“A sensibilidade dele é a de que ainda há muitos jogos por disputar e que vai ter as suas oportunidades. Sabe que vai ter de lutar e que há jogos em que vai ter de abdicar em prol da equipa”, explica, ao Record, admitindo que “vai ser difícil” para Rúben Amorim mexer na equipa quando o costa-marfinense regressar.

Paulo Coimbra revela valorizar bastante “O carinho e o carisma que ele tem em Alvalade. Sente-se sempre que é substituído… gritam o seu nome. Afinal, é um menino da Academia”, acrescentando que marcar ao Braga trouxe ao filho “Felicidade, acima de tudo, porque é Sportinguista ferrenho e depois porque… é o primeiro golo”.

Apesar de Eduardo Quaresma ter passado por um momento difícil, o pai explica que o defesa “Pode agradecer ao Rúben, que nunca o deixou cair, sempre puxou por ele e agora dá-lhe a continuidade que lhe faltava”, embora tenham existido oportunidades para sair: “Ele sempre quis ficar no Sporting. O sonho dele é vingar no Sporting. No início da época, teve outras propostas e não quis sair. Quis arriscar e ficar cá”.

Nas épocas anteriores, o jovem foi emprestado ao Tondela e Hoffenheim, mas sem grande sucesso. Ainda assim, o técnico do Sporting acreditou no jovem verde e branco e, desde o jogo com o Porto – em que foi titular – o mesmo tem crescido na hierarquia leonina, tendo sido muito utilizado após o Clássico.

Esta temporada, ao serviço do Sporting, Eduardo Quaresma – avaliado em 2,5 milhões de euros – leva 13 encontros: nove no Campeonato Nacional, dois na Taça da Liga e outros tantos na Taça de Portugal. Ao todo, o defesa-central formado na Academia Cristiano Ronaldo contabiliza 748 minutos e um golo.

  Comentários