"É VERMELHO, DEU-LHE COM O COTOVELO"; TREINADOR DO SPORTING MULTADO EM MILHARES DE EUROS POR DIZER A VERDADE
Além da multa, técnico dos verdes e brancos ainda recebeu um jogo de suspensão, de acordo com palavras do relatório do árbitro
Redação Leonino
Texto
6 de Janeiro 2024, 08:59

Carlos Fernandes falhou a goleada do Sporting ao Estoril (5-1), por estar suspenso. O treinador adjunto dos leões foi expulso, diante do Portimonense, e foi-lhe aplicada uma multa de milhares de euros, baseada em palavras que terá proferido.

Segundo o relatório de Manuel Oliveira, árbitro da partida, o técnico dos leões garantiu que “É vermelho, deu-lhe com o cotovelo!”, aquando de uma falta mais ríspida de um jogador algarvio. O juiz da AF Porto acreditou ser comportamento impróprio, expulsado o adjunto de Rúben Amorim.

O registo apontado por Manuel Oliveira valeu um jogo de suspensão ao técnico, que teve ainda de pagar qualquer coisa como 4.080 euros, visto que o senhor do apito garante que Carlos Fernandes “saiu da área técnica agindo de forma inflamatória”.

Além do treinador dos leões, também o Clube foi alvo de mão pesada por parte do Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol. Desta feita, foram mais de 17 mil euros em multas, a maioria do valor aponta para os primeiros minuto de jogo.

Antonio Adán, guarda-redes dos leões, tentou acalmar os ânimos, falando com os adeptos e pedindo para não voltarem a interromper a partida. As palavras do ‘camisola 1’ foram bem recebidas, visto que, naquele momento, a situação parou.

  Comentários