FABRIZIO ROMANO AVANÇA QUE RÚBEN AMORIM PODERÁ SAIR DO SPORTING POR VALOR ABAIXO DO ESTIPULADO
Jornalista italiano revelou, este domingo, que o atual timoneiro dos verdes e brancos tem condição de saída
Redação Leonino
Texto
7 de Abril 2024, 14:07
Rúben Amorim, Sporting, Benfica

Rúben Amorim, treinador do Sporting, poderá sair do Clube de Alvalade por uma quantia inferior à da sua cláusula. A informação é avançada este domingo, 7 de abril, pelo jornalista italiano, Fabrízio Romano, que revela que o técnico tem pacto verbal para abandonar o comando técnico dos leões caso algum clube de topo pague 10 milhões de euros.

Embora o timoneiro do Clube de Alvalade esteja atualmente blindado por quantias milionárias (30M para emblemas portugueses e 20M para turmas internacionais) a sua saída poderá acontecer por uma quantia inferior à pré-estabelecida pela direção representada por Frederico Varandas.

Rúben Amorim tem sido seguido de perto por inúmeros emblemas europeus, sendo que o Liverpool é quem se encontra atualmente na ‘pole position’ para trazer o atual líder dos leões para o futebol britânico. Ainda nenhuma proposta foi oficialmente feita, mas ambas as partes poderão chegar a um acordo, como tal já foi mencionado, abaixo do estipulado.

De realçar que, na última renovação de contrato, Frederico Varandas estipulou duas cláusulas de rescisão para Amorim: 30 milhões para clubes portugueses e 20 milhões de euros para emblemas estrangeiros, mas o seu passe irá desvalorizar em 2025, com uma descida substancial para 9,90M de euros.

Rúben Amorim chegou ao Sporting em março de 2020, oriundo do Braga, a troco de uma verba a rondar os 12 milhões de euros (já com ‘juros’ incluídos). Desde então, o técnico liderou os leões em 205 encontros, tendo registado 142 vitórias (69,74 %), 32 empates (15,35 %) e 31 derrotas (14,91 %).

No comando técnico do Sporting, Rúben Amorim conquistou quatro títulos: um Campeonato Nacional (2020/21), duas Taças da Liga (2020/21 e 2021/22) e uma Supertaça Cândido de Oliveira (2021). Destacar, ainda, a chegada aos oitavos de final da Liga dos Campeões, na temporada 2021/22, com os verdes e brancos a caírem aos pés do Manchester City e a recente eliminatória da Taça de Portugal, que permitiu aos leões eliminar o Benfica e chegar, pela primeira vez sob comando técnico de Amorim, ao duelo decisivo da prova rainha.

  Comentários