“FOI A CEREJA NO TOPO DO BOLO”
Em declarações à Agência Lusa, Carlos Galambas, antigo responsável pelo andebol do Sporting CP, recordou os dois triunfos dos leões na Taça Challenge (2010 e 2017)
Redação Leonino
Texto
26 de Maio 2020, 16:56

Carlos Galambas, antigo jogador e dirigente do andebol do Sporting CP, recordou, em declarações à Agência Lusa, as conquistas europeias dos leões, nomeadamente da Taça Challenge, em 2010 e 2017.

“Conseguimos ganhar e foi a cereja no topo do bolo. O cimentar de um trabalho árduo, porque todos as conquistas europeias são sempre de valorizar, independentemente da prova, porque há sempre concorrência e outras equipas que também querem vencer”, afirmou Carlos Galambas em declarações à Agência Lusa.

O antigo dirigente dos leões considera que “para além da importância de o Sporting ter sido o primeiro clube português a conquistar uma competição europeia, foi também o cimentar da qualidade do andebol português, que depois dessa final voltou a erguer o troféu”.

Carlos Galambas reforça que a conquista verde e branca “foi o culminar do trabalho de todos os clubes que lutavam arduamente, ano após ano, por conseguirem uma conquista europeia”.

Relativamente ao bom momento que o andebol português atravessa, o antigo andebolista considera que a paragem das competições pode vir a afetar as equipas portuguesas, bem como a seleção: “A participação de Portugal no Europeu2020 deixou o andebol na retina de todos, mas agora, com a paragem da modalidade, devido à covid-19, e sem competições, houve uma queda que fez apagar a chama que estava a crescer”.

Por fim, quanto à possibilidade de um dia regressar a exercer as funções de treinador, Carlos Galambas confessa que um dia gostava de voltar “para matar o bicho”.

  Comentários