JOGADOR EX SPORTING FEZ TUDO PARA AJUDAR COLEGA ESTREANTE: “TENHO NOVE MINUTOS PARA TE DAR UM GOLO”
Futebolista português que já alinhou pelos leões tentou dar jogo de sonho a companheiro de equipa
Redação Leonino
Texto
26 de Abril 2024, 15:14
Sporting, Adeptos Sporting, Adeptos,

Ethan Wheatley estreou-se, na passada quarta-feira, pelo plantel principal do Manchester United, na vitória frente ao Sheffield United (4-2). Bruno Fernandes teve papel de destaque no triunfo – tendo participado em três dos quatro golos dos red devils. Além do mais, o antigo jogador do Sporting foi importante para que Ethan Wheatley se sentisse em casa.

O jovem avançado que joga nos juniores do emblema inglês desde 2021, pisou o relvado de Old Trafford pela primeira vez, quando havia já terminado o tempo regulamentar da disputa com o Sheffield, com apenas nove minutos por decorrer até ao apito final.

“Ele chamou-me e disse-me ‘tenho 9 minutos para tentar que consigas marcar um golo’”, afirmou Ethan, acerca do momento em que o capitão dos red devils se lhe dirigiu quando entrou em jogo. “Estava sempre a tentar colocar-me em posição para ele. Não chegou, mas espero que chegue em breve”, rematou o avançado britânico.

Bruno Fernandes, internacional português que já passou pela equipa do Sporting, bisou (61′,81′) no triunfo, tendo ainda assistido para golo de Rasmus Højlund, a cinco minutos dos 90, e foi eleito homem do jogo. Após o encontro, o médio prestou declarações.

“Deve estar com uma sensação incrível. Também já fui miúdo. Espero que a sua família e os seus amigos o tenham vindo ver. Porque é um momento para nunca mais esquecer. É algo que ele recordará para sempre”, afirmou Bruno Fernandes, sobre o primeiro jogo do formado nos red devils ao serviço da formação de Erik ten Hag.

O futebolista lusitano avançou ainda, acerca da tentativa que levou a cabo de dar ao jovem um golo para marcar: “Acho que acabei por ser muito trapalhão no final, ao tentar dar-lhe o golo, pois é um miúdo da formação. Sei que o momento é muito importante para ele e marcar nesse primeiro jogo seria brutal. Não consegui assisti-lo, tentei, mas apressei demasiado. Ainda assim, estou certo que no futuro, se tiver chances, vai conseguir marcar”, rematou.

  Comentários