LEÕES ASSINAM PROTOCOLO COM FEDERAÇÃO CUBANA DE ANDEBOL
Carlos Carneiro, coordenador da modalidade, esteve em Havana para fechar acordo
Tiago Jesus
Texto
13 de Outubro 2021, 10:11
summary_large_image

O Sporting assinou, na passada terça-feira, um protocolo com a Federação Cubana de Andebol (FCA). Este acordo tem em vista a cooperação entre as duas partes e a preferência do clube verde e branco no que diz respeito à contratação de atletas provenientes de Cuba.

Carlos Carneiro, coordenador do andebol leonino, viajou para Havana, de modo a oficializar a parceria, juntamente com Franklyn Guevara Balcazar, presidente da FCA, entre outros membros.

“Este protocolo consiste numa parceria, num trabalho que vai ser efetuado entre o Sporting, a FCA e os atletas. O Sporting tem preferência sobre atletas cubanos que estarão no centro de alto rendimento da Federação. Há o cuidado de ajudarmos em equipamentos materiais, troca de conhecimentos e evolução de atletas”, começou por dizer, passando a explicar que queria tomar esta medida desde que assumiu o cargo.

“No dia em que fui convidado para este cargo, coloquei algumas ideias em cima da mesa e uma delas era ter a conquista de Cuba. Na minha perspetiva, é uma grande conquista porque sabemos o potencial dos atletas cubanos e a importância que têm tido no andebol nacional. É uma mais-valia. É do conhecimento de toda a gente que os atletas os cubanos têm muita qualidade”, referiu, finalizando com a importância deste projeto.

“Neste momento, não temos condições para nos configurarmos como candidatos ao título. Somos candidatos a ganhar todos os jogos. Não temos os mesmos meios dos nossos rivais, mas estou a trabalhar para criar os alicerces para que, dentro de alguns anos, possamos ter outros argumentos. O ADN do Sporting é ser o melhor. Cuba é fundamental, foram quatro meses de negociação intensa e é uma felicidade fechar este protocolo”, finalizou.

Fotografia de Sporting

  Comentários