LEÕES DECIDEM ELIMINATÓRIA NO JOÃO ROCHA
Sporting CP empatou a 27 golos, frente ao HCDS Constanta
Duarte Pereira da Silva
Texto
22 de Setembro 2020, 19:42
summary_large_image

A equipa principal de andebol do Sporting CP empatou, esta terça-feira, 22 de setembro, a 27 golos, frente ao HCDS Constanta. Apesar do empate, os leões irão decidir a eliminatória no Pavilhão João Rocha.

No capítulo individual, Carol, com sete golos, foi o melhor marcador do conjunto de Rui Silva. Arnaud Bingo (4), Pedro Valdés (3) e Salvador Salvador (3) foram outros dos jogadores em destaque. A segunda eliminatória joga-se dia 29 de setembro, no Pavilhão João Rocha.

Rui Silva optou por lançar no sete inicial Matevz Skok (GR), Tiago Rocha, Arnaud Bingo, Francisco Tavares, Jens Schongarth, Frankis Carol e Carlos Ruesga.

Schongarth, tal como havia acontecido frente ao FC Gaia, marcou o primeiro golo do encontro. Um bom remate dos nove metros do alemão. Na resposta, também de fora da área, Komogorov restabeleceu a igualdade no marcador. Nos primeiros minutos do encontro, os romenos tentavam explorar as transições defesa-ataque e a verdade é que iam tendo algum sucesso.

Ainda antes dos cinco minutos, Alen Blazevic foi suspenso por dois minutos. O croata carregou em falta Tiago Rocha e a equipa de arbitragem não perdoou. Com dez minutos jogados, o resultado assinalava cinco golos para cada lado. Os leões iam aproveitando a meia distância de Schongarth (dois golos) e também de Frankis Carol (dois golos), mas a ligação entre o central (Ruesga) e o pivô (Tiago Rocha) estava por afinar.

Aos 12 minutos, primeira suspensão para os leões: Tiago Rocha tentou atrasar a reposição da bola em jogo. Na adversidade, tremenda defesa de Skok. É caso para dizer que Chikovani esbarrou na muralha eslovena. Contudo, para o guardião leonino não há limites. Logo de seguida, travou o livre de sete metros apontado Ciprian Sandru.

Aos 18 minutos, com o Sporting CP a vencer por 9-8, Frankis Carol foi suspenso por dois minutos. Porém, mesmo com menos um homem, Darko Djukic intercetou a bola, combinou com Pedro Valdés e só parou quando marcou. Os leões tinham, assim, a primeira vantagem de dois golos (10-8) de todo o encontro.

No entanto, nos minutos que se seguiram, o HCDS Constanta saltou para a frente do marcador, com um parcial 4-1. Tiago Rocha, assistido por Ruesga, fez o 12-12. Até ao intervalo, Pedro Valdés esteve em destaque, conseguindo arrancar duas suspensões de dois minutos e ainda marcar três golos. Pelo meio, Skok somou mais um par de defesas.

Assim sendo, o Sporting CP chegou ao intervalo a vencer por 16-14. Uma primeira parte segura por parte do conjunto de Rui Silva, sobretudo nos últimos dez minutos: 73% de eficácia no remate contra apenas 58% do HCDS Constanta.

No capítulo individual, Carol, com quatro golos, era o melhor marcador dos leões. Schongarth (3), Valdés (3) e Djukic (2) eram os senhores que se seguiam. Nota ainda para Skok, que estava a realizar mais uma excelente exibição.

Na segunda parte, o Sporting CP não arrancou da melhor maneira, sofrendo um parcial de 3-0 nos primeiros cinco minutos. O HCDS Constanta saltou, assim, para a frente do marcador (17-16). Nota para o jovem guardião Dan Vasile, de 23 anos, com duas boas intervenções. Rui Silva, certamente nada satisfeito com o desenrolar dos acontecimentos, parou, de imediato, o encontro.

No reatar, Dan Vasile voltou a defender o remate de Schongarth. Em nove minutos jogados, os leões sofreram cinco golos sem resposta. Perante este cenário, Rui Silva lançou Théo Clarac, Nuno Roque e Manuel Gaspar no jogo. A resposta foi imediata. Roque assistiu Francisco Tavares, que fez o 17.º golo verde e branco. No ataque seguinte do HCDS Constanta, Manuel Gaspar travou as intenções romenas.

Destaque para a equipa de arbitragem, que, por esta altura, ia deixando algo a desejar, com inúmeras decisões duvidosas. Não obstante a dualidade de critérios, os rapazes de verde e branco teriam de fazer mais. Em 14 minutos, os leões marcaram apenas dois golos.

Contudo, nos segundos 15 minutos, o Sporting CP pareceu reagir, com o capitão, Frankis Carol, a assumir as despesas ofensivas e Manuel Gaspar a realizar excelentes intervenções. Apercebendo-se da aproximação leonina (22-21), o técnico do HCDS Constanta, Djordje Cirkovic, pediu um desconto de tempo. Na jogada seguinte, Clarac recuperou a bola e, no ataque, Salvador Salvador igualou o marcador (22-22). Excelente reação dos leões.

 

À entrada para os últimos dez minutos, o Sporting CP voltou a saltar para a frente do resultado (23-22). Salvador Salvador, de apenas 19 anos, com toda a sua irreverência, foi por ali fora e disparou para o fundo das redes. Quando se esperava que a turma de Alvalade continuasse com o pé no acelerador, algumas desatenções no ataque permitiram que romenos voltassem a liderar o jogo (25-24).

Se na primeira parte Skok tinha sido tremendo, no segundo tempo, Manuel Gaspar não lhe quis ficar atrás e ia segurando os leões na partida. Nos dois minutos finais, com o resultado igualada a 27 golos, Théo Clarac conseguiu uma interceção e colocou os leões na frente (27-26). Excelente lança do pivô francês.

Até ao final, o Sporting CP poderia ter saído vencedor, mas algumas precipitações, juntamente com decisões difíceis de compreender da equipa de arbitragem, nomeadamente no último lance do encontro, ditaram que o resultado fosse o empate a 27 golos.

De qualquer forma, com este empate, os leões trazem a eliminatória para o Pavilhão João Rocha. Fica a sensação de que o conjunto de Rui Silva poderia ter conseguido um resultado mais bem conseguido e tal só não aconteceu devido ao mau arranque de segunda parte.

No capítulo individual, Frankis Carol, com sete golos, foi o melhor marcador dos leões. Destaque também para os guardiões leoninos. Skok terminou a primeira parte com cinco defesas (25% de eficácia) e, no segundo tempo, Manuel Gaspar foi a grande figura da turma de Alvalade, com sete defesas a 16 remates (43,75% de eficácia).

A segunda eliminatória joga-se dia 29 de setembro, no Pavilhão João Rocha. No próximo sábado, 26 de setembro, o Sporting CP recebe no Pavilhão João Rocha o ABC, pelas 19h00.

Fotografia de Sporting CP

  Comentários