“LUGAR EUROPEU AINDA NÃO ESTÁ CERTO”
Na conferência de imprensa de antevisão à partida diante da Belenenses SAD, Rúben Amorim abordou ainda a retirada dos relvados de Mathieu e também a renovação de Tiago Tomás
Redação Leonino
Texto
25 de Junho 2020, 19:32

Rúben Amorim realizou, esta quinta-feira, 25 de junho, a antevisão à partida frente à Belenenses SAD, que se realiza já esta sexta-feira, 26 de junho, pelas 19h15, na Cidade do Futebol.

“O nosso foco é vencer o nosso jogo, não penso no primeiro, no segundo, terceiro ou quarto lugar. E os próprios jogadores só têm de estar focados na próxima partida, de forma a atingirmos o objetivo que está ao nosso alcance, que são os três pontos. Não preciso que eles pensem no jogo do adversário, mas que se concentrem em fazer o trabalho. O lugar europeu ainda não está certo e estamos mais perto de o perder do que chegar ao segundo lugar”, referiu Rúben Amorim, quando questionado sobre a hipótese de os leões ainda estarem na luta pelo segundo lugar da Liga NOS.

Quanto à retirada de Jérémy Mathieu dos relvados e à falta que o francês fará a equipa, o técnico rasgou-se em elogios ao central, mas disse acreditar que o plantel lidará bem com a ausência de Mathieu: “A nível técnico e de experiência, o Mathieu era um jogador acima da média, não só no Sporting CP, como em Portugal. Em termos táticos não prevejo isso, apesar da grande qualidade do Mathieu. Temos uma ideia muito simples e os comportamentos podem ser feitos por outros jogadores, podendo ter uma diferença na sua ação. Espero uma equipa muito motivada pelo momento, saiu um colega nosso do plantel e temos de demonstrar e jogar um bocadinho por ele”.

Ainda sobre Mathieu, Rúben Amorim desejou muita sorte para o futuro do francês: “Costumo ver as coisas pelo lado positivo, é uma nova vida para o Mathieu. Temos de estar aqui para ele, não só se ele precisar de ajuda para recuperar da lesão, mas também porque é uma fase complicada dos jogadores; há uns que levam melhor que outros. Estamos disponíveis para ajudar o Mathieu no que for possível, e em nome do clube e da equipa técnica, agradecer tudo o que nos deu. Começa uma nova vida, terá coisas boas no seu caminho”.

Relativamente à renovação de Tiago Tomás, o treinador verde e branco considerou que a mesma significa um voto de confiança do Clube no jovem avançado: “Vem na sequência do que temos feito, apostar na juventude. Puxar por eles e dar confiança, mas também proteger o Clube, pois estes jovens são muito valorizados lá fora. Estamos a apostar neles e a defender a posição do clube. O Tiago tem talento, é jovem, acreditamos nele e estamos felizes pela decisão”.

Por fim, relativamente à equipa da Belenenses SAD, Rúben Amorim reconheceu as semelhanças entre as equipas, mas disse acreditar que a maior qualidade individual dos jogadores do Sporting CP acabará por fazer a diferença: “Temos sistemas parecidos e até mesmo alguns movimentos idênticos, mas, na qualidade individual, que pode fazer a diferença, temos vantagem. Ainda assim, não somos exatamente iguais e cada equipa tem o dedo do seu treinador. Nós procuramos continuar a crescer e ter mais consistência, até porque a nossa exibição com o Tondela não foi tão boa como se diz, da mesma maneira que a com o Paços de Ferreira não foi tão má. Queremos ver muita intensidade, muita vontade de ter a bola, ser muito dominador… temos de assumir isso porque somos o Sporting CP”.

Recorde-se que o Sporting CP ocupa, atualmente, o terceiro lugar da Liga NOS, com 49 pontos, mais dois do que o SC Braga, que está no terceiro lugar.

  Comentários