SPORTING CP ENTRA DEMOLIDOR NO CAMPEONATO PLACARD ANDEBOL 1
Leões bateram o Boavista FC por 31-17
João Estanislau
Texto
12 de Setembro 2020, 19:52
summary_large_image

A equipa principal de andebol do Sporting CP venceu este sábado, 12 de setembro, o Boavista FC por 31-17. Na jornada inaugural do Campeonato Placard Andebol 1, os leões dominaram por completo a partida e, ao intervalo, já venciam por 18-9. Darko Djukic e Carlos Ruesga, com sete e seis golos, respetivamente, foram as grandes figuras do encontro.

As equipas entravam em campo com objetivos diferentes. Os leões pretendem ser campeões e o Boavista FC irá lutar pela manutenção, numa competição que conta com 16 equipas e, ao contrário de anos anteriores, será disputada apenas numa fase regular

O Boavista FC começou a partida a atacar, mas não resultou em golo. Na verdade, o primeiro golo pertenceu mesmo ao Sporting CP, por Darko Djukic. O reforço dos leões para 2020/21 a demonstrar que valeu a contratação nesta época. O mesmo Djukic que marcaria de novo, ainda sem estarem decorridos sequer dois minutos de jogo, através da conversão de um livre de sete metros.

O Sporting CP teve uma entrada de verdadeiro leão, pois conseguiu aumentar a vantagem e, nos primeiros 5 minutos, o placar já assinalava um 4-0 a favor dos verdes e brancos. Os axadrezados nada conseguiam fazer para parar o leão e os seus ataques não estavam a conseguir, sequer, incomodar os verdes e brancos. Aos 10 minutos, portanto, o desnível das duas equipas era visível e já se via no resultado, com 8-2 no marcador. O 10.° golo dos leões chegaria por intermédio de Ruesga, aos 13 minutos de jogo.

A equipa de Rui Silva continuou bastante compacta a defender e muito agressiva no ataque e, aos 20 minutos de jogo, o resultado situava-se nos 13-7 a favor da equipa da casa.

No final dos primeiros 30 minutos, o resultado mostrava um jogo de sentido único, com 18-9 para a equipa leonina. Uma primeira parte bastante bem conseguida por parte do conjunto de Rui Silva.

O primeiro golo da segunda parte foi para equipa nortenha. Nota para o facto de apenas no segundo tempo o Boavista FC ter conseguido chegar aos dois dígitos no marcador. Porém, a resposta verde e branca ocorreu de imediato, com Salvador Salvador a marcar o 19.º dos leões.

Francisco Tavares conseguiu fazer o 20.º, ainda nos primeiros cinco minutos da segunda parte. Já Manuel Gaspar, conseguiu fazer um golo, de uma baliza a outra, o 25.º, após o Boavista FC tentar jogar 7-6.

Nos últimos 15 minutos da segunda parte, o resultado indicava quase o dobro de diferença no marcador (25-13). Aos 20 minutos, acabaria mesmo por acontecer essa diferença pelo dobro (28-14). O jogo não demonstrava mudar o sentido da primeira, bem pelo contrário. À entrada para os últimos cinco minutos, o resultado era de 28-17. Inclusive, os leões chegariam mesmo aos 30 golos, sobrando dois minutos para o fim da partida.

Um jogo bem conseguido por parte dos leões que obtiveram um dado curioso, não falhando nenhum livre de sete metros. O resultado acabaria nos 31-17 e uma vitória na jornada inaugural. Os melhores marcadores leoninos foram Djukic, Ruesga e Salvador Salvador.

O Conjunto de Rui Silva volta a entrar em campo no próximo dia 19 de setembro (sábado), às 18h00, deslocando-se ao terreno do FC Gaia.

Fotografia: Sporting CP

  Comentários