SPORTING – PORTO DA TAÇA DE PORTUGAL TROUXE PROBLEMA DOS GRANDES PARA RÚBEN AMORIM RESOLVER
Leões foram derrotados pelos dragões na final da prova rainha, por 2-1, após prolongamento
Redação Leonino
Texto
27 de Maio 2024, 11:10
Rúben Amorim, Sporting, Porto, Taça de Portugal,

A final da Taça de Portugal entre Sporting e Porto, que terminou com derrota dos leões, por 2-1, no prolongamento, teve como um dos protagonistas St. Juste. O neerlandês inaugurou o marcador, aos 20 minutos, mas haveria de ser expulso (30’) por uma alegada falta sobre Galeno (Reveja o lance AQUI).

Acontece que, fruto de ter visto o cartão vermelho, St. Juste não estará disponível para ser opção de Rúben Amorim na Supertaça Cândido de Oliveira em que o Sporting medirá forças precisamente com o Porto. O jogo está agendado para dia 3 de agosto, às 20h45. Importa destacar que Matheus Reis também foi expulso, mas, visto que não constava na ficha de jogo, o central brasileiro pode vir a ser utilizado por Rúben Amorim.

No final da partida, Rúben Amorim comentou a expulsão de St. Juste: “o maior erro de um jogador naquela situação é não fazer penálti. Apanhou-o em corrida e o Galeno, tal como outros jogadores do Porto, sabem muito bem tirar partido disso”.

Na temporada que agora termina, ao serviço do Sporting, St. Juste – avaliado em 8 milhões de euros – realizou 20 jogos: 11 na Liga Portugal Betclic, quatro na Liga Europa, quatro na Taça de Portugal e um na Taça da Liga. Ao todo, nos 1.026 minutos que disputou, o central marcou um golo (Porto).

Ao todo, desde que chegou ao Sporting, oriundo do Mainz a troco de uma verba a rondar os 10 milhões de euros, St. Juste contabiliza 52 partidas, duas finalizações certeiras, uma assistência e conquistou um Campeonato Nacional. O neerlandês tem contrato com o Clube de Alvalade até junho de 2026 e uma cláusula de rescisão de 45 milhões de euros, mas o seu futuro nos verdes e brancos é, ainda, incerto (Saiba mais AQUI).

  Comentários