AS MEXIDAS NO BASQUETEBOL LEONINO
Permanências, entradas e saídas. Saiba como está a ser gerido o plantel leonino
Maria Pinto Jorge
Texto
6 de Julho 2020, 10:02
summary_large_image

Depois da suspensão da época 2019/20, que marcou o regresso do basquetebol leonino às modalidades do Sporting CP, e no qual terminou em primeiro lugar.

Pois bem, desta forma, os leões souberam, a semana passada, que estão na fase de qualificação para a Liga dos Campeões da modalidade (LER AQUI) e, por isso mesmo, fazemos agora um apanhado das mexidas que têm existido, até ao momento, no plantel leonino.

Permanências temos várias. A equipa técnica, comandada pelo professor Luís Magalhães mantem-se intacta. A nível de jogadores, tudo indica que Travante Williams, James Ellisor, Cláudio Fonseca, Pedro Catarino, João Fernandes, Diogo Ventura, Francisco Amiel, Jorge Embaló e Jeremias Manjate continuarão de verde e branco.

No que a entradas diz respeito, John Fields, ex-Oliveirense, foi o único atleta falado como novidade no plantel do Clube de Alvalade (LER AQUI). O poste norte-americano de 32 anos virá, ao que tudo indica, colmatar a saída – ainda não confirmada nem definida – de Abu.

Além de Abu, cuja situação ainda surge incerta no universo leonino, existem já duas saídas confirmadas. Ty Toney, de 25 anos, foi, recentemente, apresentado pelo Imortal, este que era um dos jogadores mais influentes do Sporting CP.

A outra saída, já anunciada há muito, é a do extremo Brandon Nazione, uma vez que o atleta norte-americano esteve praticamente toda a época sem jogar pelos leões, devido a lesão.

  Comentários