CRISTIANO RONALDO TRANSFIGUROU-SE APÓS DISCUSSÃO COM TÉCNICO QUE JÁ VENCEU QUATRO LIGAS DOS CAMPEÕES
Paul Clement concede entrevista onde fala sobre a relação das duas referências mundiais do futebol
Redação Leonino
Texto
8 de Abril 2024, 16:40
Cristiano Ronaldo, Seleção Nacional, Portugal, Al Nassr, Sporting

Paul Clement, treinador que foi adjunto de Carlo Ancelotti no Real Madrid, durante as temporadas de 2013/14 e 2014/15, concedeu esta segunda-feira, 8 de abril, uma entrevista à publicação britânica ‘The Sun’, onde se debruçou sobre inúmeros temas, entre os quais o profissionalismo do técnico italiano que treinou Cristiano Ronaldo, e a relação entre os dois elementos de referência no futebol mundial.

Para Clement, Carlo Ancelotti é um dos “três melhores treinadores da atualidade”. A ele juntam-se na lista das estrelas, na opinião do adjunto inglês, Jurgen Klopp, do Liverpool, e Pep Guardiola, do Manchester City. Como exemplo do profissional exímio que considera ser o italiano a cargo do Real Madrid, Paul relembra um episódio vivido no Santiago Bernabéu com Cristiano Ronaldo.

“No Real Madrid, o Carlo tinha uma ideia de Ronaldo como ponta de lança, para que não tivesse de recuar. Ele teve uma discussão com o Cristiano, que disse que preferia jogar a partir da esquerda”, começou por afirmar o adjunto, continuando: “O Carlo sabia que tinha de o deixar confortável, por isso, implementou dois sistemas. Um 4x3x3, para quando estivéssemos a atacar, com Ronaldo a partir da esquerda, e, depois, um 4x4x2, a defender, com Ronaldo na frente”, esclareceu.

Acerca da tática implementada pelo treinador que já venceu quatro Ligas dos Campeões, o seu antigo adjunto afirma: “Agora, vemos muito disso, mas foi bastante revolucionário, na altura. Ele é brilhante a gerir pessoas. Não apenas jogadores de renome, mas olhem para os presidentes que teve. Silvio Berlusconi, no Milan, Roman Abramovich, no Chelsea, e Florentino Pérez, no Real Madrid”, rematou, em tom elogioso.

Carlo Ancelotti esteve à frente do Real Madrid na temporada de 2013/14 e 2014/15 e voltou ao clube na época de 2021/22, onde se mantém desde então. Ao serviço do emblema espanhol, o técnico italiano leva já um total de 278 encontros disputados, com 201 vitórias, tendo apenas empatado por 38 ocasiões e perdido noutras 39.

  Comentários