E AGORA, MÍSTER? IMPRENSA NACIONAL APONTA HABITUAL TITULAR DO SPORTING AO BANCO E GARANTE QUE AMORIM ESTÁ 'DE CABEÇA PERDIDA'
Treinador dos leões terá de fazer alterações no onze inicial, mas dúvidas são mais que muitas
Redação Leonino
Texto
10 de Fevereiro 2024, 07:57
Rúben Amorim, Sporting, Vizela

Hidemasa Morita parece ter vida difícil ao serviço do Sporting. O ‘camisola 5’ dos leões deixou Alvalade durante pouco mais de um mês, para participar na Taça Asiática e, durante a sua ausência, Pedro Gonçalves recuou para médio, respondendo com grandes números – quatro golos e três assistências em 5 jogos. Posto isto, Rúben Amorim tem escolhas difíceis por fazer.

Segundo avança o Record, o técnico dos verdes e brancos está com dificuldades em voltar a encaixar o nipónico no onze inicial, visto que, na frente de ataque, Francisco Trincão também está numa grande forma e não deve voltar ao banco. Sendo Viktor Gyokeres titular indiscutível, a escolha deverá recair sobre Marcus Edwards ou Hidemasa Morita.

Uma vez que o britânico – prestes a renovar contrato, sabe o Leonino – não tem apresentado a melhor forma, Rúben Amorim poderá atirar Pote para a frente de ataque, em detrimento do ‘camisola 10’, abrindo espaço para Morita voltar a jogar ao lado de Morten Hjulmand.

Esta temporada, Hidemasa Morita – avaliado em 12 milhões de euros – leva 20 jogos (1.595 minutos): 14 na Liga Portugal Betclic (1.249), cinco na Liga Europa (327) e um na Taça de Portugal (19). O médio do Sporting marcou um golo (Arouca) e fez três assistências (Rio Ave, Vitória de Guimarães e Portimonense).

Desde que chegou ao Clube de Alvalade, oriundo do Santa Clara a troco de uma verba a rondar os 3,5 milhões de euros, Morita contabiliza 61 encontros, nos quais fez sete golos e outras tantas assistências, tornando-se num dos craques preferidos dos adeptos leoninos. O internacional japonês tem contrato com o Clube de Alvalade até junho de 2026 – sendo que deverá, brevemente, assinar uma renovação – e uma cláusula de rescisão de 45 milhões de euros.

  Comentários