“FALAMOS QUANDO TEMOS RAZÕES PARA ISSO”
Miguel Albuquerque reagiu à derrota na Taça da Liga
Redação Leonino
Texto
12 de Janeiro 2020, 22:15

Depois dos leões saírem de Matosinhos vencidos pelo eterno rival, o SL Benfica, na final da Taça da Liga, por 5-4, Miguel Albuquerque, diretor geral das modalidades do Sporting CP, reagiu o rescaldo da partida.
“Foi um grande jogo de futsal com a incerteza no marcador até ao fim. Parabéns ao SL Benfica porque conseguiu aproveitar melhor os erros do Sporting CP. Tinha dito que seria um jogo equilibrado e decidido em pormenores e assim foi. O Sporting CP esteve a um nível muito elevado e poderia ter vencido este encontro, mas há coisas que continuam a ser estranhas e a fugir ao nosso controlo. Sporting CP e SL Benfica são as equipas que habitualmente chegam às finais e junta-se a eles um dos árbitros que está sempre nas grandes decisões. Hoje aconteceu aquilo que já tinha acontecido na fase regular do campeonato, na Luz, em que o nosso adversário, apesar de ter cinco faltas, nunca cometeu a sexta. É algo que é estranho, não é possível estar tantos minutos sem cometer a sexta falta e o que aconteceu neste jogo foi, mais uma vez, flagrante”, começou por dizer.
De seguida, Miguel Albuquerque não deixou de comentar a arbitragem da partida: “Há duas faltas claras sobre o Cardinal e não percebo como não foi marcada a sexta falta, sendo que um dos intervenientes é sempre o mesmo. É inadmissível haver um árbitro que tem um processo disciplinar, que mentiu no relatório de um jogo de futebol de praia do Sporting CP e continua a arbitrar sistematicamente jogos do Clube verde e branco, esse é o prémio que ele recebe. Podem considerar que falamos quando perdemos mas não, falamos quando temos razões para isso. Não é admissível que esse senhor continue a arbitrar jogos do Sporting CP. Não é possível que a FPF continue a nomear para estes jogos esse senhor e escolha como cronometrista um árbitro internacional com uma qualidade enorme. Ainda assim, foi um grande jogo de futsal, parabéns ao SL Benfica. Perdemos por culpa própria e por erros próprios, mas não desvalorizem esta equipa que já ganhou e deu tanto ao Clube”, terminou.

  Comentários