FORMAÇÃO TRAZ NBA A ALVALADE
Profissionais leoninos aproveitaram para assimilar e descobrir novas ideias
Redação Leonino
Texto
14 de Janeiro 2022, 13:16
summary_large_image

O Sporting realizou mais uma ação de formação interna, no Auditório Artur Agostinho, do Estádio José Alvalade, com o intuito de oferecer aos seus profissionais todas as ferramentas necessárias para o melhor cumprimento das suas funções.

Vários colaboradores, entre os quais scouts e treinadores das equipas leoninas, ouviram especialistas em scouting e treino da área do basquetebol, durante quatro horas.

Carlos Barroca, vice-presidente de operações da NBA para a Ásia e um dos maiores especialistas da modalidade, foi um dos oradores e garantiu que há muitos pontos comuns entre o futebol e o basquetebol, considerando, assim, que os conhecimentos transmitidos são ‘transversais’.

“Independentemente das habilidades de cada um, o objetivo aqui é conseguir inspirar os outros. Esse é o mote da minha vida profissional, assim como de todos os que são treinadores, professores ou trabalham com pessoas. No futebol, ainda por cima, trabalha-se com jovens e é preciso perceber que uma criança é como se fosse uma semente que se mete na terra: se não for regada nem levar nutrientes, acaba por morrer. É preciso saber cuidar”, afirmou ao canal do Clube.

Jacques Vandescure, responsável pela Overtime Elite League, competição que prepara jovens para a NBA e que passou pelo departamento de scouting dos San Antonio Spurs, e Yarone Arbel, actual scouter dos Golden State Warriors, foram os outros dois oradores participantes.

O diretor do futebol de formação do Sporting, Tomaz Morais, também esteve presente e enalteceu o objetivo desta ação. “Quando discutimos estes temas e trazemos pessoas com este nível de conhecimento e experiência, que trabalham em organizações de excelência como a NBA, é sempre marcante e fica na memória. Se queremos que os nossos jovens melhorem, quem os treina e lida com eles no dia-a-dia também tem de treinar e melhorar todos os dias”, referiu.

Já Paulo Noga, diretor do recrutamento/scouting do futebol de formação, olha para a NBA como um exemplo. “A perspetiva de trazer alguém de outra área tem a ver com o espírito da equipa que lidero, com pessoas muito ávidas de conhecimento. Nesse sentido, convidámos o Carlos Barroca, que é uma referência mundial e ajudou-nos a refletir sobre o que fazemos e como fazemos. Muitas das orientações que seguem na NBA nós também seguimos aqui, isso deixou-me muito satisfeito pois significa que estamos a um nível de elite”, sublinhou.

Esta foi já a quinta formação interna realizada pelo Sporting esta temporada e o número de participantes tem vindo a aumentar significativamente. Estas ações vão continuar nos próximos meses tendo como objetivo a melhoria dos conhecimentos dos profissionais verdes e brancos.

Fotografia Sporting

  Comentários