FRANCO ISRAEL ADMITE: "SEI O MOTIVO DO FESTEJO DO GYOKERES"; GUARDA-REDES DO SPORTING FAZ CONFISSÃO
Guardião do Clube de Alvalade revelou que conhece motivações por detrás da celebração do sueco
Redação Leonino
Texto
19 de Maio 2024, 20:52
Franco Israel, Viktor Gyokeres, Sporting

Franco Israel e Francisco Trincão estiveram no podcast watch.tm, de Pedro Teixeira da Mota, e abordaram as recentes conquistas por parte do Sporting. Entre vários temas, o guardião uruguaio chegou a dizer que já sabe o segredo por detrás do festejo de Viktor Gyokeres, mas optou por não revelar as razões.

“Sei o motivo do festejo mas não digo, obviamente”, relatou o  guardião que ainda brincou com o seu companheiro de equipa sobre a forma como o nórdico está a fazer render o tabu: “Disse que revelava no final do campeonato e agora já é após a Taça de Portugal”.

O uruguaio, que vinha a assumir a titularidade na defesa das redes leoninas desde que Adán contraiu uma lesão, foi então substituído por Diogo Pinto nos dois últimos duelos, diante do Estoril e do Chaves. O jovem de 19 anos que Rúben Amorim resgatou da equipa B dos verdes e brancos conseguiu, em ambas as ocasiões, manter uma ficha limpa, não deixando nenhuma bola entrar.

Após a vitória do Sporting ao Chaves (3-0) do passado sábado, 18 de maio, a última partida dos leões na Liga Portugal Betclic. Alvalade presenciou, em grande euforia, a entrega do troféu aos campeões nacionais. Antes do início da cerimónia, Franco Israel estava a dar toques na bola quando não devia e Rúben Amorim aproximou-se para o ‘repreender’. (Recorde AQUI).

Esta temporada, Franco Israel – avaliado em 2,5 milhões de euros – leva 23 encontros realizados pelo Sporting: 10 na Liga Portugal Betclic, seis na Taça de Portugal, quatro na Liga Europa e três na Taça da Liga. Nos 2.070 minutos que disputou, o guardião sofreu 19 golos. O defensor da baliza leonina tem contrato com o Clube de Alvalade até junho de 2027 e uma cláusula de rescisão fixada na ordem dos 45 milhões de euros.

  Comentários