FREDERICO VARANDAS QUEIXA-SE DE AGRESSÕES E PROCESSA VÁRIOS ELEMENTOS DO PORTO
Presidente do Sporting vai pedir uma indemnização por desacatos no final do encontro da temporada passada entre leões e dragões
Redação Leonino
Texto
2 de Agosto 2022, 17:47
summary_large_image

Frederico Varandas, presidente dos leões, apresentou uma queixa-crime no Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) do Porto contra Sérgio Conceição, treinador do Porto, Vítor Baía, administrador dos dragões, Rui Cerqueira, diretor de imprensa dos azuis e brancos, e Francisco J. Marques, diretor de comunicação.

Em causa está o jogo entre o Porto e o Sporting disputado no passado dia 11 de fevereiro, no Estádio do Dragão, a contar para a 22.ª jornada do campeonato da época passada, que continua a fazer correr muita tinta por alegados incidentes ocorridos na garagem do recinto portista após a referida partida.

Frederico Varandas afirmou ter perdido a carteira e o telemóvel nesse incidente e garante ter sido insultado e ameaçado.

Recorde-se que, em junho, o Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol absolveu Sérgio Conceição, tendo castigado Vítor Baía com 25 dias de suspensão e multa de 3.440 euros, Rui Cerqueira com 115 dias de suspensão e coima de 3.825 euros, e o Porto a pagar uma multa de 16.320 euros.

 

NOTÍCIAS RELACIONADAS:

Queres receber diariamente todas as notícias sobre Sporting no teu email? Transferências, jogos, opinião, golos e muito mais. Inscreve-te já, sem qualquer custo, na caixa em baixo

  Comentários