JAIME MARTA SOARES NÃO QUER VARANDAS A CRITICAR PORTO E GARANTE: "SPORTING SÓ TEM DE..."
Antigo Presidente da Mesa da Assembleia Geral dos leões pediu ainda ao líder máximo do Clube de Alvalade para "unir a família Sportinguista"
Redação Leonino
Texto
11 de Dezembro 2023, 21:01

Jaime Marta Soares acredita que Frederico Varandas deve “unir a família Sportinguista” durante a gala dos Prémios Stromp, que se realiza na próxima terça-feira, dia 12 de dezembro. O antigo presidente da Mesa da Assembleia Geral dos leões pediu, ainda, para que o líder máximo do Clube de Alvalade não deixe críticas ao Porto antes do Clássico.

“(Varandas) Deve aproveitar esta oportunidade para fazer acreditar mais a família Sportinguista de que o Clube está no bom caminho desportivo. Não teço considerações sobre a parte administrativa, sobre os valores entre ativo e passivo, pois não tenho dados acerca desse tema”, começou por dizer, ao Record.

“Não tenho conhecimento concreto disso e não levanto qualquer tipo de dúvidas. O discurso nos Prémios Stromp deve incidir na coesão interna e no momento em que saúda a família Sportinguista, tentar levantar a alma do Clube e destacar a união do clube para enfrentar esta onda de ataques de que está a ser alvo por parte da arbitragem ao longo dos jogos em que o Sporting tem participado”, prosseguiu.

“Frederico Varandas deve, sem medos, apontar na direção das entidades responsáveis para que tomem a devida nota do que está a acontecer. Se não o fizer, estará a fazer um mau trabalho. A Direção do Sporting está atenta e esta última intervenção de Varandas tem 100% de apoio da minha parte”, acrescentou.

“O Sporting está acima dessas questões. Devemos deixar o Porto à vontade e estimular a nossa equipa. Só temos de ganhar o próximo jogo no clássico. Eles no Porto, por si só, fazem a cama para se deitar”, afirmou, sobre as críticas recentes do Presidente dos leões a Pinto da Costa.

“Temos de pura e simplesmente ignorar isso e não levantar problemas para do outro lado utilizarem como estímulo. O Sporting tem de preocupar-se consigo próprio e criar essa cultura de equilíbrio e sentimento democrático. Essa sim é a glória do Sporting”, terminou.

  Comentários