OFICIAL: VARANDAS CONTRATA EX-JOGADOR DO BENFICA PARA TREINADOR DO SPORTING
Leões anunciaram novo técnico
Redação Leonino
Texto
10 de Novembro 2022, 20:04

É oficial: João Coelho é o novo treinador da equipa de voleibol do Sporting. O técnico, de 41 anos, assinou esta quinta-feira, dia 10 de novembro, contrato com o Clube de Alvalade.

Depois de ter ficado livre, após quatro épocas de sucesso no comando do Fonte do Bastardo, o ex-jogador do Benfica sucede a Gersinho como novo treinador dos leões.

“Oportunidade é irrecusável para qualquer profissional”

O novo treinador revelou não ter tido “dúvidas” na hora de aceitar o convite. “Esta oportunidade é irrecusável para qualquer profissional, como é o meu caso. Foi uma questão de nos sentarmos e ver que as ideias estavam alinhadas, não tive dúvidas em abraçar este desafio pela sua complexidade mas também ambição. É fácil entender a minha decisão”.

 

“Sporting é candidato a vencer todas as provas”

  • “O Sporting é um emblema imponente e candidato a vencer todas as provas. É um clube que acrescenta à modalidade, em masculinos e femininos, e não deixa dúvidas quanto à qualidade do seu projeto. Por isso, é um clube apetecível e que motiva qualquer profissional”, sublinhou.

“O Sporting tem de ser candidato a vencer o título e as outras provas em que está inserido”

  • João Coelho, que conquistou a Taça Federação em 2021/2022 e iniciou a carreira de treinador no Castêlo da Maia, assume determinação em vencer: “Era muito fácil entrar a meio da época e não assumir as responsabilidades, mas não quero tornar as coisas fáceis para mim porque não é para isso que venho. O Sporting tem de ser candidato a vencer o título e as outras provas em que está inserido. Queremos mostrar em campo que temos qualidade e que os resultados sejam condizentes. É para isso que estou aqui, sem arranjar desculpas. Vamos procurar soluções, trabalhá-las e atacar as competições que disputamos”.

“Ninguém ganha nada sozinho e vamos fazer de tudo para chamar os adeptos”

  • João Coelho quer ver um Sporting “que traga adeptos” aos pavilhões. “Não só através da qualidade e competência, mas pelo compromisso e empatia demonstrados pela equipa. Estes são valores inalienáveis, uma equipa que quer ganhar enquanto coletivo não pode valer apenas pelos valores individuais. Ninguém ganha nada sozinho e vamos fazer de tudo para chamar os adeptos, para que venham apoiar-nos e para nos darem mais responsabilidade”.

“Temos de fazer na prática o que apregoamos, é para isso que vamos trabalhar”

  • “Faz parte da nossa responsabilidade chamar as pessoas para nos darem ainda mais responsabilidade e assumirmos outro protagonismo, que também reclamamos. Portanto, temos de fazer na prática o que apregoamos, é para isso que vamos trabalhar”, concluiu João Coelho, que vai trabalhar com Gil Meireles e Pedro Cardoso, dois jogadores com se cruzou no Fonte do Bastardo.

Paulo Cunha, diretor do voleibol do Sporting, também marcou presença no momento da apresentação e deixou uma palavra de agradecimento a Afonso Seixas e Renato Migelho, dupla que esteve à frente do comando técnico verde e branco, de forma interina, e que venceu os quatro jogos em que estiveram ao leme do conjunto leonino, depois da saída de Gersinho.

“Quero agradecer-lhes por isso porque fizeram um trabalho muito meritório”

  • “Durante estas duas semanas, eles assumiram com competência e determinação a liderança da equipa principal. Quero agradecer-lhes por isso porque fizeram um trabalho muito meritório que fez com que a equipa subisse drasticamente na classificação, colocando-nos numa situação muito mais favorável”, referiu, elogiando o novo técnico do Sporting.

“Ele vai traduzir a sua competência e coragem em resultados muito positivos”

  • “Não foi uma escolha difícil. Quer o seu percurso como atleta, quer recentemente como treinador adversário que sempre nos deu demasiado trabalho, dizem-nos que com a grandeza do Sporting ele vai traduzir a sua competência e coragem em resultados muito positivos. É nisso que acreditamos e, após a adaptação, certamente as coisas vão correr como desejamos”, concluiu Paulo Cunha.

 

NOTÍCIAS RELACIONADAS:

  Comentários