ANTONIO ADÁN CONTINUA A DAR QUE FALAR: GUARDIÃO DO SPORTING GERA CONTESTAÇÃO ENTRE OS ADEPTOS E FRANCO ISRAEL ESTÁ À ESPREITA
Exibições do guardião têm ficado aquém do esperado e o companheiro de posição quer aproveitar oportunidades dadas por Rúben Amorim
Redação Leonino
Texto
12 de Janeiro 2024, 15:42
Antonio Adán, Sporting, Benfica

Aos 36 anos, António Adán está a cumprir a sua quarta temporada ao serviço do Sporting, todas enquanto titular absoluto, mas o guarda-redes que prolongou recentemente a sua ligação ao Clube de Alvalade vive alguma incerteza em relação a esse estatuto.

O Sporting é, até à data de hoje, a equipa do campeonato com a terceira defesa menos batida do campeonato português, mas nos últimos meses as exibições do espanhol têm vindo a ser contestadas pelos adeptos leoninos e Franco Israel está à espreita.

As estáticas são claras e o índice que compara os dois jogadores dá uma vantagem evidente ao jovem uruguaio que foi contratado à Juventus no mercado de verão de 2022. Apesar de o número de jogos disputados por Israel ser três vezes inferior, os dados conferem-lhe uma eficácia entre os postes.

Esta época, Adán, disputou, até ao momento, 20 partidas onde regista um total de 22 golos sofridos. Israel, apesar de ter cumprido sete encontros de leão ao peito desde o início desta temporada, conta com apenas cinco golos sofridos, resultando numa média de golos sofridos inferior. O espanhol apresenta uma média de 1.1, enquanto que o uruguaio regista 0,71.

Os dados de golos sofridos também se refletem naquilo que é o desempenho da equipa, dado que, com Adán, os leões sofreram três derrotas e com Franco Israel a equipa não sofreu qualquer derrota, tendo apenas um empate, o que joga a favor do uruguaio.

  Comentários