"CHEGUEI A PERDER A FÉ EM CRISTIANO RONALDO": EX FUTEBOLISTA QUE RASGOU CRAQUE ADMITE ESTAR ENGANADO
Antigo jogador do Manchester United teceu comentários menos felizes aquando da saída do português para a Arábia Saudita
Redação Leonino
Texto
16 de Abril 2024, 12:26
Cristiano Ronaldo, Al Nassr, Sporting,

Gary Neville, glória do Manchester United, admite que chegou a desacreditar do potencial de Cristiano Ronaldo. O antigo internacional inglês recordou os tempos em que o craque formado no Sporting chegou a Old Trafford, com um físico bem diferente do atual.

“Quando chegou, era bastante escanzelado e não tinha desenvolvido o corpo. A tomada de decisão era errática. Se devia cruzar, driblava. Se devia driblar, cruzava. Frustrava sempre os médios, porque ia para o cruzamento e eles avançavam, mas depois recuava”, afirmou, no podcast The Overlap.

“Estava em todo o lado, e, na verdade, cheguei a perder fé nele, porque não contribuía para o ataque, mas também não recuava muito. Não ajudava muito, ao passo que o Becks [David Beckham] recuava sempre e ajudava. Era bastante frustrante”, atirou.

“Em 2006, marcou [a Inglaterra] e afastou-nos do Campeonato do Mundo, na Alemanha. Voltou e, de repente, o físico e o corpo dele tinham mudado. Nessa temporada, quando voltámos a conquistar o título, transformou-se numa máquina e marcou 35 ou 40 golos”, terminou.

Pelo United, Cristiano Ronaldo – avaliado em 15 milhões de euros – fez 145 golos em 346 jogos, tornando-se figura maior da equipa comandada por Sir Alex Ferguson e contribuindo para a conquista de uma Liga dos Campeões, um Campeonato do Mundo de Clubes, uma Taça de Inglaterra, uma Supertaça Inglesa, três Taças da Liga e três Premier League. Atualmente com 39 anos, o capitão da seleção nacional continua em grande plano em 2023/24, em termos individuais. Na presente temporada, o internacional português soma, até agora, 43 partidas, tendo feito o gosto ao pé em 42 ocasiões, somando ainda  12 assistências na sua conta pessoal ao serviço do Al Nassr.

  Comentários