DESTRONADO! VIKTOR GYOKERES NÃO É (DESTA VEZ) O JOGADOR DO MÊS DA LIGA E VÊ PRÉMIO 'ROUBADO' POR COMPANHEIRO DO SPORTING
Avançado sueco já tinha vencido a distinção em outras ocasiões, mas termina janeiro no segundo posto
Redação Leonino
Texto
12 de Fevereiro 2024, 16:44
Viktor Gyokeres, Eduardo Quaresma, Pedro Gonçalves, Francisco Trincão, Marcus Edwards, Sporting, Casa Pia

Depois de ser eleito melhor jogador da Liga Portugal Betclic nos meses de agosto e setembro, Viktor Gyokeres foi ultrapassado. Com um brilharete, Francisco Trincão, ‘camisola 17’ do Sporting, foi escolhido pelo Sindicato dos Jogadores e arrecada a distinção em janeiro.

O extremo dos leões obteve 16,62% dos votos, com Viktor Gyokeres na segunda posição, arrecadando 13,44% das preferências. Rafa Silva, do Benfica, fecha o pódio – dominado pelos pupilos de Rúben Amorim – com 12,32% das escolhas.

Durante o mês de janeiro, Francisco Trincão ‘explodiu’ e teve uma subida de rendimento muito acentuada. No total, o canhoto apontou cinco golos em quatro partidas (Estoril, Chaves, Vizela e Casa Pia (x2), tendo ainda feito uma assistência, na deslocação ao terreno dos vizelenses.

Vale referir que o prémio dado pelo Sindicato dos Jogadores não interfere com as escolhas da Liga Portugal, uma vez que, Rafa Mújica foi eleito em dezembro, mas, para o órgão que rege o campeonato nacional, Viktor Gyokeres acabou por ser o escolhido. O peso da votação recai nos jornais Record, A Bola e o Jogo (60%), com o restante a estar na decisão de Anselmo, João Paulo, José Carlos, Rebelo, Tiago Pereira e Tozé, ex-futebolistas nomeados pelo próprio Sindicato.

Ao todo, desde que chegou ao Sporting, oriundo do Barcelona, Francisco Trincão leva 80 jogos, nos quais apontou 20 golos e fez sete assistências. O internacional português custou aos cofres verdes e brancos qualquer coisa como 10 milhões de euros por 50% dos direitos económicos.

Esta temporada, o craque de Rúben Amorim – que atravessa o melhor momento desde que chegou a Alvalade – soma sete remates certeiros, tendo assistido os companheiros de equipa em três ocasiões, ao longo de 28 encontros disputados.

Confira:

  Comentários