EM MAIS UM RECITAL DE ESTRELA DO SPORTING (E NÃO SÓ), PORTUGAL VENCE E ESTÁ À BEIRA DE FAZER HISTÓRIA
Seleção lusa voltou a triunfar e continua a sonhar com um lugar na próxima fase da prova
Redação Leonino
Texto
19 de Janeiro 2024, 18:56
Sporting, Adeptos

A Seleção Nacional de andebol voltou a triunfar, esta sexta-feira, 19 de janeiro, no Campeonato da Europa. Em duelo relativo à ‘Main Round’ da prova, Portugal levou a melhor sobre a Eslovénia, por 33-30, com Martim Costa, estrela do Sporting, a assinar mais uma tremenda exibição.

Apesar de ter estado em desvantagem em Hamburgo, na Alemanha, a equipa portuguesa conseguiu chegar ao intervalo na liderança do marcador (18-17). Na segunda metade do jogo, os eslovenos responderam e causaram algumas dificuldades aos portugueses, mas acabaram por sucumbir perante uma reta final muito forte da turma de Paulo Pereira.

No capítulo individual, destaque para Martim Costa, que apontou uns impressionantes 11 golos, sendo já o melhor marcador do Campeonato da Europa, com 38 golos em cinco encontros e uma eficácia de quase 70%. Nota, ainda, para Francisco Costa (4), Pedro Portela (3) e Salvador Salvador (3), todos eles jogadores do Sporting.

Com este triunfo, Portugal está no terceiro lugar do grupo 2, com quatro pontos. A Dinamarca e a Suécia ocupam o primeiro e segundo posto, respetivamente, e somam quatro pontos, mas têm menos um jogo, sendo que medem forças ainda este sexta-feira. A Noruega e a Eslovénia, com dois pontos, ocupam a quarta e quinta posição, respetivamente, e os Países Baixos, com zero pontos, estão no último lugar.

Recorde-se que apenas os dois primeiros lugares dão acesso às meias-finais do Campeonato da Europa, o que seria um feito histórico para Portugal. O terceiro classificado disputará o jogo de atribuição do quinto e sexto classificado.

Os comandados de Paulo Pereira voltam a entrar em campo, depois desta grande vitória, já no próximo dia 21 de janeiro, domingo, frente à Suécia, numa partida em que os lusos não são favoritos. O confronto vai ser jogado na Barclays Arena em Hamburgo, às 17h00.

  Comentários