EXCLUSIVO LEONINO - FREDERICO VARANDAS CEDEU A PEDIDO DO TÉCNICO DO SPORTING E JÁ SABE O QUE FAZER COM HJULMAND E MORITA
Líder máximo do Clube de Alvalade definiu futuro para a dupla do meio-campo do treinador dos leões
Redação Leonino
Texto
1 de Março 2024, 13:19
Frederico Varandas, Morten Hjlumand, Hidemasa Morita, Sporting

A dupla do meio-campo do Sporting, Morten Hjulmand e Hidemasa Morita, é essencial na estratégia de Rúben Amorim, que solicitou a Frederico Varandas a continuidade dos dois jogadores, apurou o Leonino. De acordo com informações obtidas pelo nosso jornal junto de uma fonte próxima do processo dos atletas, ambos irão manter-se em Alvalade na próxima temporada.

O jogador dinamarquês tem sido o elemento chave do meio-campo, embora todos os holofotes estejam focados em Viktor Gyokeres. Ao chegar ao Sporting como a segunda contratação mais dispendiosa da história do clube – 18 milhões de euros – o “camisola 42” dos leões tem vindo a atrair interesse do estrangeiro, com o Manchester United a mostrar-se muito atento. No entanto, a sua saída está completamente descartada.

Morita, por sua vez, chegou do Santa Clara por valores bastante baixos, tendo em conta o rendimento desportivo. O internacional pelo Japão custou apenas 3,5 milhões de euros e, desde então, tem sido titular indiscutível na posição ‘8’. Apesar de Pedro Gonçalves poder jogar mais recuado, o nipónico é o par ideal para Hjulmand e Rúben Amorim não quer desfazer a dupla, tanto que a Direção já prepara um novo contrato.

Até ao momento, Morten Hjulmand – avaliado em 26 milhões de euros – tem encantando tanto Rúben Amorim, treinador dos leões, como os adeptos, tendo realizado 35 encontros. O médio leva dois golos e quatro assistências.

Hidemasa Morita contabiliza, desde que chegou a Alvalade, 66 encontros, nos quais fez oito golos e apontou oito assistências, tornando-se num dos craques preferidos dos adeptos leoninos. O internacional pelo Japão tem contrato com o Clube de Alvalade até junho de 2026 e uma cláusula de rescisão fixada nos 45 milhões de euros.

Confira aqui a exibição de gala de Hjulmand frente ao Benfica:

  Comentários