"FICAVA MALUCO QUANDO IA PARA DEFESA": FRANCISCO RAMOS FAZ REVELAÇÃO SOBRE JOGADOR DO SPORTING
Primo de Luís Neto partilhou balneário com futebolista de Rúben Amorim e não esquece feitio característico
Redação Leonino
Texto
26 de Maio 2024, 10:47
Francisco Ramos, Sporting

Nuno Santos fez praticamente toda a carreira a extremo, inclusive a primeira época no Sporting. No entanto, Rúben Amorim recuou-o para ala, algo que, na formação, era ‘um castigo’ para o ‘camisola 11’ dos verdes e brancos, revela Francisco Ramos.

“O Nuno, na formação, se o míster o metesse a defesa esquerdo, ficava maluco. Ficava maluco! Dizia logo ‘não quero’ e era cabeça para baixo e ia a reclamar e a falar sozinho. ‘Não é isto, não quero isto. Quero é marcar golos e fazer assistências”, conta, ao Record, o primo de Luís Neto.

“O que é certo é que, num contexto diferente, numa linha a três com ele a chegar muitas vezes à área a fazer aquela linha toda, está sempre numa posição mais recuada do que no primeiro ano que foram (Sporting) campeões. Antes ele jogava mais à frente, mas conseguiu adaptar-se muito bem, apesar de às vezes, pela expressão facial dele eu saber que ele fica chateado quando não joga, quando sai, ou quando o cruzamento não sai bem. Isso é a competitividade que tem dentro dele”, termina.

Em 2023/24, Nuno Santos  avaliado em 12 milhões de euros –, leva já 49 encontros com a Listada verde e branca tendo feito o gosto ao pé em seis ocasiões (Farense, Dumiense,  Vitória de Guimarães, Braga, Boavista e Estrela da Amadora) e feito 16 assistências, sendo o jogador do Sporting com mais passes para golo. Ainda assim, parece não ser suficiente para ir à seleção.

Ao todo, desde que chegou ao Sporting, oriundo do Rio Ave a troco de uma verba muito perto dos 4 milhões de euros, Nuno Santos contabiliza 185 partidas, 33 finalizações certeiras, 41 passes para golo e cinco títulos conquistados: dois Campeonatos Nacionais (2020/21 e 2023/24), uma Supertaça Cândido de Oliveira (2021) e duas Taças da Liga.

  Comentários