“NÃO SEI PARA QUE SERVE O VIDEOÁRBITRO”: SPORTING PREJUDICADO EM JOGO CRUCIAL COM O BENFICA (VÍDEO)
Grande penalidade ficou por assinalar no dérbi eterno da passada quarta-feira entre leões e águias
Redação Leonino
Texto
2 de Maio 2024, 15:59
Sporting, Adeptos, Sporting Adeptos, Exclusivo Leonino,

A equipa de futebol feminino do Sporting perdeu (1-0), na passada quarta-feira, frente ao Benfica, em partida válida para a final da Taça da Liga. Após o apito final, Mariana Cabral prestou declarações em que se debruçou sobre erros de arbitragem que marcaram o encontro derradeiro.

“Há um erro claríssimo na área do Benfica”, começou por dizer a treinadora do Sporting. “Não percebo como é que não se assinala penálti sobre a Olivia Smith. Não sei para que serve o videoárbitro. Para ganhar em Portugal, para além da qualidade, é preciso ter muita força e estômago”, chutou Mariana Cabral, acerca do grave lapso da arbitragem num jogo de tão grande calibre.

“Este tipo de coisas desequilibra a equipa e seria completamente diferente. Estamos aqui para ser melhores, mas toda a gente à volta tem de ser melhor, com condições melhores, árbitras melhores. Não basta dizer que queremos crescer, temos de crescer”, atirou, por último, sobre a questão flagrante que lhe valeu até cartão amarelo por ter protestado perante um erro óbvio.

“Acho que é uma injustiça tremenda, deixa-nos um sabor muito amargo”, admitiu, avançando ainda: “A equipa esteve muito bem e fizemos um jogo muito competente. Sabíamos que ia ser um jogo equilibrado, com oportunidades para os dois lados, e foi o que aconteceu”.

“O erro faz parte do futebol e o erro que existiu aqui é da treinadora. Não tivemos tempo suficiente para conseguir reagir”, afirmou. “Obviamente estamos tristes. Já na Supertaça tínhamos perdido nos penáltis. Ninguém pode estar contente, pois no Sporting trabalhamos para ganhar troféus”, rematou.

Mesmo assim, Mariana Cabral terminou numa nota otimista. “A equipa tem crescido muito esta época. Estivemos nas decisões e queremos estar até ao fim. No campeonato, faltam dois jogos e queremos ganhá-los para terminar de consciência tranquila”, declarou.

Confira o lance que ficou por assinalar no Benfica – Sporting:

  Comentários