Corner Left

Receba, em primeira mão, as principais notícias do Leonino no seu WhatsApp!

WhatsApp Seguir

Futebol

SILAS VENCE POUCO E ANTECESSORES AINDA MENOS

Treinadores contratados por Frederico Varandas ganham pouco mais de metade dos jogos. Jorge Silas é o que tem melhor média, mas Keizer somou dois títulos. Análise Leonino

Leonino - Onde o Sporting é notícia
Leonino - Onde o Sporting é notícia

  |

Icon Comentário0

O Leonino fez as contas e chegou à conclusão de que os cinco treinadores que passaram no Sporting CP desde que Frederico Varandas está à frente dos destinos do Clube ganharam apenas cerca de 60% dos seus jogos. Apesar dos maus resultados, Jorge Silas, com 62,96%, é o timoneiro com melhor percentagem de vitórias. Logo de seguida, surge José Peseiro, com 60%. O último lugar do pódio é ocupado por Marcel Keizer, com 59,52%. No entanto, na temporada de 2018/2019, o treinador holandês venceu dois títulos – Taça da Liga e Taça de Portugal. Nesta lista, incluímos Tiago Fernandes (66,67% de vitórias) e Leonel Pontes (que não venceu qualquer encontro), mas não fazemos a comparação com os restantes, fruto de terem realizado apenas três e quatro jogos, respetivamente. Jorge Silas assumiu o comando dos leões no dia 30 de setembro de 2019. Nessa ocasião, num jogo disputado no norte do país diante do Desportivo das Aves, a turma de Alvalade venceu, por 1-0, com Bruno Fernandes a converter, com sucesso, uma grande penalidade já nos minutos finais. No jogo seguinte, novo triunfo. Desta vez no Estádio José de Alvalade, frente ao LASK Linz, os comandados de Silas venceram os austríacos, por 2-1. No entanto, no jogo seguinte, quando nada o fazia esperar, o Sporting CP foi eliminado na Taça de Portugal pelo Alverca, por 2-0. Desde então, a vida de Silas não tem sido fácil.


Até ao momento, nos 27 jogos em que liderou os leões, o treinador português registou 17 triunfos, um empate e nove derrotas, ou seja, uma média de 62,96% de vitórias. Exceção feita a Tiago Fernandes e Leonel Pontes, que estiveram poucos jogos à frente da equipa principal, Jorge Silas, por pequena margem, apresenta a melhor percentagem de vitórias dos três treinadores em análise. No entanto, também é verdade que, contrariamente, por exemplo, a Marcel Keizer, que conquistou dois títulos, Silas, pelo menos na presente temporada, já não vai celebrar a vitória em qualquer trofeu.


Peseiro resistiu dez jogos


O primeiro treinador que Frederico Varandas teve enquanto responsável máximo do Sporting CP foi José Peseiro. Embora tenha sido contratado pela Comissão de Gestão liderada por Artur Torres Pereira, com Sousa Cintra na SAD, o Presidente anunciou, em campanha eleitoral, que José Peseiro seria o seu treinador. No entanto, após uma dezena de jogos, o treinador foi despedido. Nas dez partidas em que esteve ao comando dos leões, Peseiro ganhou seis vezes e perdeu quatro.

A vitória mais gorda que conseguiu aconteceu a 28 de outubro de 2018, no Estádio José de Alvalade, frente ao Boavista. Nessa ocasião, Nani, por duas vezes, e Bruno Fernandes apontaram os golos do triunfo leonino, por 3-0. Todavia, na partida seguinte, Peseiro haveria de ser despedido. Em jogo relativo à fase de grupos da Taça da Liga, o Sporting CP foi derrotado, em casa, pelo Estoril Praia, por 2-1. Wendel até inaugurou o marcador aos oito minutos, mas, já na parte final, um golo de Sandro Lima e um autogolo de André Pinto ditaram o desaire verde e branco. Nessa mesma noite, a Direção comunicou a José Peseiro que já não contava com ele.


Nesta estatística, estão incluídos apenas os jogos que Peseiro fez enquanto treinador do Sporting CP com Frederico Varandas a Presidente do Clube. Desta forma, os triunfos diante do Moreirense, por 3-1, do Vitória de Setúbal, por 2-1, do Feirense, por 1-0, e ainda o empate com o SL Benfica, a uma bola, foram excluídos da lista em causa.

Tiago Fernandes não perdeu e empatou em Londres

Na sequência do despedimento de Peseiro, Tiago Fernandes foi convidado para treinador interino. O filho de Manuel Fernandes liderou os destinos da equipa principal do Sporting CP apenas por três jogos. No entanto, não registou qualquer derrota, tendo, inclusive, empatado, a zero, no Emirates Stadium, com o Arsenal. De resto, o ex-treinador do Estoril Praia estreou-se com uma vitória nos Açores, por 2-1, frente ao Santa Clara.

Naquele que viria a ser o seu último jogo como técnico dos leões e o único no Estádio José de Alvalade, Tiago Fernandes triunfou, também por 2-1, sobre o Desportivo de Chaves. Bas Dost, por duas vezes, apontou os golos da vitória verde e branca.

Dois títulos para Marcel Keizer

O terceiro treinador contratado por Frederico Varandas, e o primeiro escolhido por si, foi Marcel Keizer. O treinador holandês chegou proveniente do Al Jazira e teve um começo implacável, somando sete vitórias consecutivas e contabilizando um total de 30 golos marcados e oito sofridos. A primeira derrota aconteceu frente ao Vitória de Guimarães no Afonso Henriques, por 1-0, no dia 23 de dezembro de 2018.

Em 42 jogos, Keizer venceu 25, empatou nove e perdeu oito, perfazendo uma percentagem de vitórias de 59,52%. Todavia, e apesar de, por exemplo, registar valores inferiores aos de José Peseiro e Jorge Silas, o treinador holandês conquistou dois títulos – Taça da Liga e Taça de Portugal –, curiosamente sempre frente ao FC Porto e sempre nas grandes penalidades. Nesta estatística, esses dois encontros, bem como o empate nos 90 minutos nas meias finais da Taça da Liga frente ao SC Braga, foram contabilizados como empates, apesar de, no fim das contas, os leões terem saído vencedores. Se fossem contabilizados como vitórias, Keizer subiria para 62,22% de vitórias.

No início da presente temporada, o Sporting CP foi goleado, por 5-0, pelo SL Benfica, empatou no Estádio dos Barreiros, a uma bola, com o Marítimo e foi ainda derrotado, em casa, por 3-2, pelo Rio Ave. Fruto destes maus resultados, Frederico Varandas entendeu que o treinador holandês já não servia mais os interesses do Clube e decidiu despedir Marcel Keizer. Seguiu-se Leonel Pontes.

Leonel Pontes nunca venceu

No curto período de tempo em que esteve como treinador interino do Sporting CP, Leonel Pontes não foi capaz de somar qualquer vitória. Em quatro jogos, o técnico dos sub-23 verdes e brancos registou três derrotas e um empate. Na estreia, o antigo treinador adjunto de Paulo Bento foi empatar, a uma bola, ao Estádio do Bessa, com o Boavista. A ‘gota de água’ viria a ser a derrota caseira diante do Rio Ave, por 2-1, em jogo a contar para a primeira jornada da fase de grupos da Taça da Liga. Pelo meio, desaires frente ao PSV (3-2) e também diante do Famalicão FC (2-1).

Desta forma, se ainda tinha algumas hipóteses de continuar como treinador principal do Clube de Alvalade, as mesmas desvaneceram-se. A seguir, o Presidente do Sporting CP escolheu Jorge Silas para sucessor.


Futebol

ATLÉTICO DE MADRID DE DIEGO SIMEONE DESVIA ATENÇÕES DE ESTRELA DO SPORTING

Emblema espanhol estaria muito interessado em craque da turma de Rúben Amorim

Atlético Madrid, orientado por Diego Simeone, desviou atenções de jogador do Sporting
Atlético Madrid, orientado por Diego Simeone, desviou atenções de jogador do Sporting

  |

Icon Comentário0

O Atlético Madrid, de Diego Simeone, estará perto de garantir a contratação de Artem Dovbyk, desviando atenções da estrela do Sporting, Viktor Gyokeres, que voltou aos treinos muito recentemente. Segundo Nicolò Schira, o clube espanhol pode fechar negócio pelo ucraniano nas próximas semanas.


“Artem Dovbyk está um passo mais perto do Atlético de Madrid. O jogador já chegou a acordo para um contrato até 2029. O Atleti está agora a trabalhar para chegar a um acordo com o Girona, que pede 40 milhões de euros”, revela Nicolò Schira, numa publicação no X.


Todavia, o Atlético de Madrid não é o único emblema interessado em Viktor Gyokeres. O Chelsea e o PSG são outros dos clubes que seguem o internacional sueco. Porém, Frederico Varandas já deixou bem claro que só aceita vender pela cláusula de rescisão (100 milhões de euros).


Esta temporada, ao serviço do Sporting, Viktor Gyokeres – avaliado em 65 milhões de euros – leva 48 encontros realizados (3.957 minutos), 41 golos e 14 assistências, sendo uma das grandes figuras da turma de Rúben Amorim. O avançado tem contrato com os leões até junho de 2028 e a maior cláusula de rescisão do plantel, fixada na ordem dos 100 milhões de euros.

Inicialmente, Sporting pagou 20 milhões, mais 4 por objetivos e custos de intermediação, por Viktor Gyokeres. Contas feitas, ao dia de hoje, o ponta de lança já custou 24,8 milhões aos cofres leoninos, sendo que existem, ainda, 3 milhões em objetivos por alcançar, o que pode atirar o investimento no internacional pela seleção da Suécia para bem perto dos 30 milhões de euros (27,8).



Futebol

"PAULINHO AINDA MARCAVA GOLOS NO BENFICA OU NO PORTO. NO SPORTING? SE CALHAR NÃO"

Antigo avançado dos verdes e brancos tem estado em grande desde que assinou pelo Toluca

Paulinho deixou o Sporting neste mercado e há quem diga que o avançado seria bastante útil a Benfica e Porto
Paulinho deixou o Sporting neste mercado e há quem diga que o avançado seria bastante útil a Benfica e Porto

  |

Icon Comentário0

Paulinho saiu do Sporting neste mercado de transferências para rumar ao Toluca, onde está a ser orientado por Renato Paiva. Ora, no entender do técnico, o antigo internacional português ainda era bem capaz de fazer o gosto ao pé no Benfica e no Porto, mas, na opinião do mesmo, nos leões a história não seria a mesma.


"Paulinho ainda fazia golos no Benfica ou no Porto… No Sporting se calhar não por causa do Gyökeres. Acho que o Paulinho vai marcar uma era aqui no Toluca, é um jogador multifacetado na forma como define", afirma Renato Paiva, deixando elogios ao português, que continua em grande.


"Fui felicíssimo nos anos em que estive no clube do meu coração a trabalhar [Benfica]. O dia em que saí foi uma dor de alma e acho que foi dos dias que mais chorei na minha vida", refere Renato Paiva.


"Foi o único país [Brasil] em que senti xenofobia. É o único país em que chamam burro ao treinador. A minha filha chegou a receber ameaças nas redes sociais dela. Não posso aceitar que no Flamengo tenham tratado o Vítor Pereira como um zé-ninguém”, finaliza o ex Benfica .

Vale a pena recordar que a transferência de Paulinho - atualmente com um valor de mercado de 7 milhões de euros - para o Toluca ficou fechada em 7,75 milhões de euros fixos, mais 250 mil euros mediante objetivos. De resto, o Sporting ainda vai acertar contas com o Braga – que detém cerca de 30% do passe do internacional português.


Chegado ao Sporting, oriundo do Braga a troco de 16 milhões de euros por 70% dos direitos económicos, em janeiro de 2021, Paulinho fez, com a Listada verde e branca, 146 encontros, 53 finalizações certeiras, 21 assistências e quatro títulos conquistados: dois Campeonatos Nacionais (2020/21 e 2023/24), uma Taça da Liga (2021/22) e uma Supertaça Cândido de Oliveira (2021), ficando na história dos leões e no coração dos adeptos.


envelope SUBSCREVER NEWSLETTER


MORITA DEIXA GARANTIA AOS ADEPTOS DO SPORTING E FALA SOBRE HJULMAND E COATES: "ACREDITO QUE..."
Futebol

MORITA DEIXA GARANTIA AOS ADEPTOS DO SPORTING E FALA SOBRE HJULMAND E COATES: "ACREDITO QUE..."

 

Icon Comentário0
MÁRIO RUI COM A CAMISOLA DO SPORTING? HÁ QUEM DIGA QUAL É A VONTADE DO JOGADOR
Futebol

MÁRIO RUI COM A CAMISOLA DO SPORTING? HÁ QUEM DIGA QUAL É A VONTADE DO JOGADOR

 

Icon Comentário0
COMO ASSIM? BARCELONA QUER LEVAR GYOKERES DO SPORTING, MAS NÃO É PARA JÁ
Futebol

COMO ASSIM? BARCELONA QUER LEVAR GYOKERES DO SPORTING, MAS NÃO É PARA JÁ

 

Icon Comentário0