“TUDO VAI DEPENDER DE QUANDO RECOMEÇAR A TEMPORADA”
Luiz Phellype, em entrevista à ESPN Brasil, abordou também o interesse do Flamengo
Redação Leonino
Texto
10 de Maio 2020, 10:48

Luiz Phellype concedeu uma entrevista à ESPN Brasil na qual falou sobre como está a recuperar da sua lesão, abordou o alegado interesse do Flamengo, entre outros temas.

“Tenho feito tratamentos todos os dias no clube, que me deu autorização especial, mesmo no meio da pandemia do coronavírus. Está a correr tudo bem e a recuperar bem. Espero daqui a um mês estar pronto para voltar a treinar com a equipa. Tudo vai depender de quando recomeçar a temporada. Não penso muito nisso, para não criar expectativas, mas pode acontecer”, afirmou o avançado brasileiro.

Luiz Phellype recordou também o jogo da 3.ª jornada da fase de grupos da Taça da Liga, frente ao Portimonense: “Tive uma gastroenterite e fiquei três dias sem treinar, mas fui para o jogo, caso ocorresse alguma emergência. Fiquei quase dois dias sem comer e a tomar soro. No domingo, estava muito mal. Estávamos a perder, contra o Portimonense e eu entrei no jogo. Vencemos de virada e eu marquei um golo no último lance do encontro. Foi especial porque a minha família estava no estádio e pela semana que eu tive”.

Por fim, o antigo jogador do Paços de Ferreira falou sobre o alegado interesse do Flamengo, mas, para já, prefere focar-se no Sporting CP: “Soube que, no início da temporada, fizeram uma sondagem e perguntaram. Eles tinham a dúvida se ficavam só com o Gabigol. Depois, falaram outra vez. Eu sei que proposta oficial não existiu e ninguém me ligou. Terão sido apenas perguntas sobre valores. Prefiro focar-me no Sporting, que é um clube muito grande. Quero fazer o melhor”.

Recorde-se que Luiz Phellype se encontra a debelar uma rotura no ligamento cruzado anterior do joelho direito sofrida na partida diante do Marítimo, no dia 27 de janeiro.

O avançado brasileiro chegou ao Sporting CP em janeiro de 2019, proveniente do Paços de Ferreira por uma verba a rondar os 500 mil euros. Desde então, realizou 47 jogos, marcou 17 golos e conquistou uma Taça de Portugal e uma Taça da Liga.

  Comentários