UISH! EX SPORTING QUE SE DESENTENDEU COM BRUNO DE CARVALHO VÊ AUTOCARRO ATACADO À PEDRADA PELOS ADEPTOS
Situação foi abordada em comunicado pelo clube, repudiando os incidentes, que até envolveram a polícia
Redação Leonino
Texto
4 de Fevereiro 2024, 16:57
Bruno de Carvalho, Sporting, Benfica

O autocarro Palmeiras, de Abel Ferreira, foi atacado pelos adeptos do São Paulo. O veículo em que seguiam responsáveis da equipa do ex Sporting foi apedrejado em Belo Horizonte, nas vésperas do embate entre as duas equipas, válido para a Supertaça do Brasil, com início pelas 19h00 deste domingo, dia 4 de fevereiro.

A comitiva dos atuais campeões canarinhos estava a bordo da viatura, que acabou por ter uma janela partida devido ao arremesso de uma garrafa. O treinador português  – antigo jogador e treinador do Sporting – e os seus pupilos, que seguiam noutros carros, escaparam ao incidente.

As autoridades policiais foram obrigadas a recorrer ao disparo de balas de borracha para dispersar a multidão, resultando na detenção de um homem, alegadamente ligado ao São Paulo. Posteriormente, o Palmeiras emitiu um comunicado condenando o incidente:

“A Sociedade Esportiva Palmeiras lamenta o ataque a um dos autocarros que levavam a delegação do clube a um hotel de Belo Horizonte (Minas Gerais), cidade onde se realizará, neste domingo, a decisão da Supertaça do Brasil”, pode ler-se no comunicado divulgado pelo próprio clube.

“Um dos objetos atirados contra o veículo causou a quebra de uma janela; por sorte, contudo, ninguém se feriu. Registámos boletim de ocorrência na noite deste sábado, e esperamos que o responsável por este ato de vandalismo, já identificado e detido pela polícia, seja punido com o rigor da lei”, prossegue o verdão.

“Não podemos tolerar que, na véspera de um clássico com a presença de duas torcidas, a violência coloque em risco o êxito de um espetáculo tão grandioso. Que o domingo seja de paz, dentro e fora do Mineirão”, conclui o clube brasileiro no comunicado.

Relembre-se que o treinador de 44 anos, Abel Ferreira, jogou no Sporting entre 2005 e 2011. Já enquanto treinador, esteve ao serviço técnico do Clube de Alvalade entre o ano de 2012 e 2014, liderando os juniores (onde foi campeão) e a equipa B. Acabou por sair, depois de desentendimentos com Bruno de Carvalho, Presidente dos leões à data.

Confira o comunicado, na íntegra:

  Comentários